TV paga rouba mais público do horário político à noite

O público da faixa noturna tem menos paciência para o horário político. Pelo menos é isso que aponta a pesquisa do Ibope na TV paga logo na primeira semana de horário eleitoral gratuito. Segundo o levantamento, a migração para os canais pagos na primeira semana de horário político, do dia17 a 21 de agosto, em comparação a semana anterior, de 10 a 14 de agosto, foi maior das 20h30 às 21h20, destinada ao horário político à noite. Nesta faixa, a TV paga teve um aumento de 67% de audiência. Na faixa da tarde, das 13h às13h50, quando vai ao ar a primeira exibição do horário político, a TV paga teve um crescimento de 54% de sua audiência. Em contrapartida, a mesma pesquisa aponta que durante a primeira semana do horário político noturno, o número de TVs ligadas caiu 15% em relação a semana anterior, menos do que na hora do almoço, que despencou 23% na faixa do horário eleitoral. Na média/dia, somando 24 horas de programação, na primeira semana de horário político os canais pagos tiveram um aumento de 9% de sua audiência. Entre os canais por assinatura mais assistidos durante o horário político vespertino estão Sportv, Disney Channel, Discovery Kids, Cartoon Network e TNT. Na faixa noturna, o Sportv segue na liderança, seguido pelos infantis e canais de notícias como Globo News.

Keila Jimenez, keila.jimenez@grupoestado.com.br, O Estado de S.Paulo

01 de setembro de 2010 | 00h00

1,4 milhão

de acessos tiveram os vídeos da série Glee no Terra TV, produção que registrou no mês de julho 130% de aumento de audiência no site.

"Saiu a Mega Sena? Compro a agência do Justus e demito ele. Gravo e ponho no ar." Otávio Mesquita brincando no Twitter sobre o que faria se ganhasse a bolada.

Os principais diretores da Band reúnem-se a partir de hoje, em Ubatuba, litoral paulista, para discutir o planejamento de 2011 e dos últimos meses de 2010. O encontro, de três dias, reunirá cerca de 80 pessoas.

Tática adotada também no BBB da Globo, em A Fazenda, da Record, a arrumação das malas dos participantes a serem confinados recebe uma forcinha da produção do programa, que vão até a casa dos famosos, ajudar na tarefa.

A Fazenda 3, da Record, só terá um mascote dentro da casa - provavelmente outro cachorro chamado Max - se um patrocinador de ração bancar a brincadeira. O merchandising é o melhor amigo do homem.

Uma série de três documentários sobre os 20 anos da MTV faz parte do pacote de atrações que comemoram a data na emissora musical, e vai ao ar em outubro.

Convencer Du Moscovis a volta a fazer novelas - ele está fora desde Alma Gêmea, de 2005 - voltou a ser tarefa do dia na Globo. Aguinaldo Silva o quer no elenco de Fina Estampa, próxima novela na faixa das 9 na Globo.

Com a suspensão de trecho da Lei Eleitoral que proibia piadas com candidatos na época de campanha, os Cassetas retomaram as gravações das paródias dos candidatos à Presidência.

Sabrina Sato, do Pânico, também retomará sua rotina de infernizar a turma de Brasília e perseguir Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB).

Ficção e realidade nunca estiveram tão misturados em uma novela da Globo.

Houston, fabricante real de bicicletas, que é citada a todo momento na novela Passione como concorrente da ficcional Metalúrgica Gouveia, contratou o ciclista da trama, Sinval (Kayky Brito), para estrelar sua nova campanha publicitária.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.