TV digital: autorizações saem em julho de 2001

O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Renato Guerreiro, disse hoje, em audiência pública na Comissão de Defesa do Consumidor, na Câmara, que as primeiras autorizações para a prestação do serviço de televisão digital no País deverão começar a ser concedidas em julho do próximo ano. Guerreiro informou que a Agência deverá definir em fevereiro de 2001 o padrão de TV digital que será adotado no País.A Anatel terá de escolher entre os seguintes sistemas: o americano (ATSC), o europeu (DVB-T) e o japonês (ISDB-T). No mês de março do próximo ano, a Anatel divulgará o regulamento técnico da TV digital e o plano básico de canais. O regulamento, que deverá orientar a transição do modelo analógico para o digital, sairá em maio, segundo o presidente da agência.Guerreiro disse aos integrantes da comissão que a Anatel definirá um prazo para que o sistema analógico seja totalmente substituído pelo digital. Ele ressaltou, porém, que o sistema analógico só poderá ser inteiramente desligado depois que o digital estiver sendo usado por 95% dos receptores do País.O presidente da Anatel lembrou que o sinal digital pode ser recebido não só pelo televisor digital, mas também pelo analógico, contanto que a este seja adaptado um dispositivo chamado Set Top Box. Esse dispositivo custa, em média, US$ 300,00, mas o presidente da Anatel observou que, quando houver a expansão desse novo sistema, o preço deverá baixar.O sinal digital elimina os "chuviscos" ou "fantasmas" que podem ocorrer no sistema analógico. Mas a TV digital permitirá principalmente a interatividade na televisão e a entrada do usuário na Internet sem necessidade de um terminal de computador. Em novembro, a Anatel divulgará o relatório técnico e de mercado sobre os três sistemas de TV digital. Esse documento ficará em consulta pública durante todo o mês de dezembro próximo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.