TV Cultura já estuda novo modelo de gestão

Reunião do Conselho Curador da TV Cultura, na segunda-feira, definiu que a emissora vai estudar alternativas para implantar um novo modelo de gestão. Tanto a atual diretoria-executiva quanto os funcionários deverão apresentar propostas na próxima reunião para a Fundação Padre Anchieta, mantenedora da TV Cultura.A mudança de gestão tem sido a principal reivindicação do governo do Estado para negociar a liberação de recursos para a emissora, que vive grave crise de administração e finanças. Diretores da fundação dão como "favas contadas" que o governo deve liberar recursos contingenciados da TV Cultura nos próximos dias, mas fontes do Palácio dos Bandeirantes não confirmam essa intenção.O governo tem seus próprios planos. Em entrevista recente à revista Carta Capital, a secretária de Estado da Cultura, Cláudia Costin, revelou que o Estado já tem um novo projeto que muda o sistema de gestão da Fundação Padre Anchieta e que estava encaminhando o documento para a Assembléia Legislativa, para aprovação.Hoje, das 14 horas às 16 horas, está marcada uma manifestação de sindicalistas na frente da TV Cultura. O motivo básico é a campanha salarial das categorias, mas a pauta de reivindicações também inclui a "defesa da TV Cultura", a liberação de verbas do Estado e a transparência de gestão.Leia mais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.