Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

TV Cultura diz ter saído do déficit e zerado dívida de R$ 43 milhões

Por João Fernando (interino) - joao.fernando@estadao.com

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

31 de janeiro de 2014 | 02h23

Com as contas no vermelho no ano passado, em junho, quando Marcos Mendonça assumiu a presidência da Fundação Padre Anchieta (FPA), a TV Cultura, que faz parte da instituição, tinha um déficit avaliado em R$ 43 milhões. Após reestruturações na empresa, que tiveram como consequência mudanças na programação, o gestor afirma ter zerado a dívida. "Fizemos um esforço de readequação e reduzimos R$ 20 milhões só em custos de pessoal. No final do ano, o governo (estadual) deu R$ 17 milhões para saldarmos a dívida".

Segundo Mendonça, a TV Cultura seguirá economizando. "Vamos continuar o regime de contenção de despesas", explica. Por isso, será mais difícil emplacar novas atrações na grade. "Não entra no ar nada que não tenha patrocínio. Não vamos contrair mais dívidas", alega. Está em produção a série infantil, de 52 episódios, Que Bicho Te Mordeu?, dirigida por Cao Hamburger, prevista para o segundo semestre. O projeto, que conta histórias de monstros com bonecos manipulados e atores, tem um orçamento de R$ 14 milhões pagos pelo Sesi. Este ano, a FPA deve lançar dois canais segmentados. Um voltado para a educação, no sinal aberto da TV digital, e outro dedicado à música, previsto para estrear na TV por assinatura.

Prestígio. Um estudo do instituto britânico Populus, feito em 14 países elegeu, a TV Cultura como a segunda emissora de mais qualidade no mundo, atrás apenas da BBC One. No ranking, a Globo está em 28.º lugar, a TV Brasil em 32.º, a Band em 35º, a Record em 39º e o SBT em 40º.

Os mais atentos devem ter reparado que ontem, na estreia de Doce de Mãe, os ambientes não pareciam um estúdio TV. Para a atração, parte dos cenários, como a casa de Picucha (Fernanda Montenegro), foram montados com as quatro paredes.

Quem elaborou o projeto foi Claudio Amaral Peixoto, diretor de arte de filmes como O Palhaço.

Foi aberta a votação para a primeira fase do Prêmio Multishow deste ano. As categorias são cantor, cantora, grupo, música, show, música-chiclete e Experimente, dedicada a novos artistas. O site é o www.premiomultishow.com.br.

A HBO adiou em uma semana a exibição do terceiro episódio de True Detective, que só vai ao ar dia 9 de fevereiro. Neste domingo, o segundo capítulo será reprisado.

Ainda inédita no País, a série Descalço Sobre a Terra Vermelha, parceria entre a TVE da Catalunha e TV Brasil, ganhou os prêmios de melhor ator e trilha sonora no Festival Internacional de Programas Audiovisuais, na França. A atração fala sobre o bispo emérito Pedro Casaldáliga, sobrevivente de diferentes atentados.

Tudo o que sabemos sobre:
Cristina Padiglione

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.