TV alemã exibe documentário sobre "Família Hitler"

A televisão alemã mostrará, pela primeira vez, documentos e fotografias inéditas da família de Adolf Hitler em uma emissora pública, com estréia prevista para domingo, 9 de agosto, segundo informou a imprensa. Família Hitler é o programa especial que a rede pública ZDF transmitirá a partir de domingo, informou hoje o jornal Bild, antecipando ainda que, parte desse material de arquivo, pertencente aos historiadores Timothy Ryback e Florian Beierl. No material inédito estão fotografias do pai de Hitler, Alois (1837-1903), de sua mãe Klara (1860-1907), da irmã Paula (1896-1960), da sobrinha e amante Ângela Raubal (1908-1931) e de seu sobrinho predileto Heinz. Adolf Hitler, segundo disse o jornal, tinha um medo terrível de que o mundo pudesse descobrir a verdade sobre sua família. O jornal antecipou algumas declarações de seus parentes. "Os insultos em voz alta do pai acompanham os gritos do filho. A cada golpe durante as surras, a mãe protege o corpo de Adolf, jogado no chão", contou o meio-irmão de Hitler, Alois. A irmã Paula que, por determinação de Hitler, passou a usar o codinome Wolf, postou-se como namorada do médico Erwin Jekelius, um mentor da eutanásia, que permitiu a morte de 4 mil pessoas incapacitadas. Em relação ao presente da família Hitler, o programa conta que, próximo a Nova York, vivem três sobrinhos de Hitler.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.