TV aberta ainda faz pouco pelo cinema nacional

A TV aberta bem que tem bebido na fonte do cinema nacional para absorver novos talentos, técnicas e ideias, mas ainda muito faz pouco pela telona. Em apresentação de um painel sobre cinema no Fórum Brasil de Televisão, esta semana, em São Paulo, o presidente da RioFilme, Sérgio Sá Leitão, citou a França como bom exemplo a ser seguido. Lá, 3% de toda a publicidade arrecadada na TV aberta é investida na exibição e produção de filmes. Aqui, a TV aberta promoveu 1.749 exibições de filmes - só 233 (13,3%) nacionais em 2010. Dessas, 79 exibições foram na Globo, 80 na TV Brasil e 73 na TV Cultura. Record, SBT, CNT e MTV não exibiram nenhum filme nacional em 2010.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.