Túmulo de Shakespeare é restaurado na Inglaterra

"Restaurem a tumba, mas não toquem nos ossos." Essa é a ordem de trabalho para arquitetos responsáveis pela restauração do deteriorado túmulo de William Shakespeare, dentro da igreja anglicana de Santa Trinidad na cidade de Stratford-upon-Avon, na Inglaterra. Muitos pensam que foi o próprio escritor que escreveu a ameaça que está inscrita em sua tumba: ''Bendito seja o homem que cuida dessas pedras. E maldito quem mova meus ossos''. E, por isso, portanto, todos querem evitar a misteriosa maldição. "É nosso desejo que possamos preservar a tumba sem que ninguém saiba que estivemos ali", disse o arquiteto Ian Stainburn. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.