Tulpan e as fábulas que resistem

Por Água Abaixo

FLAVIA GUERRA, O Estado de S.Paulo

01 Fevereiro 2013 | 02h07

16H15 NA GLOBO

(Flushed Away). EUA, 2006. Direção de Avid Bowers, Sam Fell. Animação.

Um rato de estimação acaba sendo expulso de sua cobertura de luxo pela descarga. Ele vai parar nos esgotos de Londres, onde tem de aprender um meio de vida inteiramente diferente, enquanto luta para voltar ao confortável lar. Reprise, colorido, 85 min.

Tulpan

22 H NA CULTURA

(Tulpan). Cazaquistão, Rússia, Alemanha, Polônia, Suíça, Itália, 2008. Direção de Sergei Dvortsevoy. com Askhat Kuchinchirekov, Samal Eslyamova, Ondas Besikbasov.

Renata de Almeida e Cunha Jr. conversam com a atriz Cristina Mutarelli sobre o longa Tulpan (versão dublada com audiodescrição no SAP). Uma fábula com toques de realismo dos mais poéticos. Ainda que isso possa parecer impossível, é exatamente uma atmosfera surreal, ainda que muito realista, que faz com que este seja um dos mais belos filmes sobre as tradições que ainda se mantêm em tempos de extinta União Soviética esfacelada. O filme conta a história do jovem Asa, que depois de prestar serviço militar na Marinha volta às estepes do Cazaquistão, onde sua irmã e o marido pastor vivem como nômades. Entusiasmado, Asa quer começar vida nova e tornar-se ele também um pastor. Mas, para isso, precisa primeiro se casar. E a única candidata possível é Tulpan, filha de outra família de pastores. Mas ela não gosta do rapaz porque acha suas orelhas grandes demais. Mesmo desapontado, Asa não desiste e continua sonhando com uma vida que talvez não seja possível naquele lugar. Desconcertante e encantador ao mesmo tempo. Reprise, colorido, 100 min.

Trilhos do Destino

22h45 NO SBT

(Rails & Ties). EUA, 2007. Direção de Alison Eastwood, com Kevin Bacon, Marcia Gay Harden, Marin Hinkle.

Diante de uma esposa em estado terminal, o desolado maquinista Tom, acidentalmente, vê entrar em sua vida um novo personagem capaz de aliviar um pouco da sua dor. Inédito, colorido, 100 min.

Par ou Ímpar

23 H NA REDE BRASIL

(Pari e Dispari). Itália, 1978. Direção

de Sergio Corbucci, com Terence Hill

e Bud Spencer.

Com apoio de Johnny Firpo, Amiral O'Connor declara guerra contra Parapolis, o Grego, líder de uma rede de jogos e apostas de Miami.

O meio-irmão de Johnny, Charlie

é um ex-jogador que trabalhava

em Parapolis e é agora motorista de caminhão. Ele não pretende retornar ao submundo do jogo, mas Johnny o convence inventando que aquela é a única maneira de pagar uma cirurgia para seu pai, que está ficando cego. Juntos eles vão lutar contra toda gangue de Parapolis para depois enfrentar um problema ainda maior: o que fazer com os milhões que conseguiram ganhar. Reprise, colorido, 109 min.

Winnebago, O Homem Mais

Raivoso do Mundo

0H15 NA CULTURA

(Winnebago Man, The Angriest Man

In The World). EUA, 2009. Direção de Ben Steinbauer, Documentário.

A faixa Cultura Documentários exibe o longa sobre Jack Rebney, o homem mais famoso de quem você nunca ouviu falar. Depois de xingar o caminho num vídeo de vendas Winnebago, muito engraçado, Jack Rebney se tornou uma sensação underground e depois astro da internet. O cineasta Ben Steinbauer vai ao topo de uma montanha para se encontrar com o recluso que inadvertidamente se tornou o "Winnebago Man". Jack Rebney, "o homem mais raivoso do mundo", divertiu e fascinou milhões de espectadores com sua boca suja, suas respostas prontas e seu mau humor num vídeo de vendas que fez em 1989 - um dos primeiros e melhores undergrounds -, que passou de mão em mão, antes que a internet o tornasse um fenômeno. O cineasta Ben Steinbauer se propôs a localizar Jack e sua viagem se transforma numa exploração fascinante da viral video culture e o que esta significa a nível pessoal para seus relutantes espectadores. Quando ele finalmente encontra Rebney, descobrimos que o homem real é mais hábil, mais irascível, mais profundo e estranho do que imaginávamos. Ele se sobressai na cultura da mídia moderna. Em resumo, ele é uma estrela. O filme explora a questão da privacidade. Winnebago Man é um olhar inteligente, hilariante e inesperadamente pungente à resposta de um homem à notoriedade da internet e é, em última análise, uma meditação de como uma "humilhação" pode se tornar um facho de luz para todos. Viva Jack Rebney: o santo patrono de nossas frustrações coletivas! Reprise, colorido, 74 min.

Os Olhos da Cidade São Meus

2H45 NA REDE BRASIL

(Angustia). Espanha, 1987. Direção de Bigas Luna, com Zelda Rubinstein, Michael Lerner.

Rapaz é demitido de clínica oftalmológica e decide seguir as ordens estranhas da mãe: conseguir o maior número possível de olhos humanos em toda a cidade. Reprise, colorido, 86 min.

Compramos Um Zoológico

17h30 NO TELECINE HD

(We Bought a Zoo). EUA, 2011. Direção de Cameron Crowe, com Matt Damon, Scarlett Johansson, Thomas Haden.

Após perder sua mulher, Benjamin compra um terreno, que é um zoológico abandonado, para morar com seus dois filhos. Ao chegar, ele percebe que a tarefa de manter um zoológico é mais difícil do que pensava, mas com a ajuda da zeladora Kelly, ele tem esperança de conseguir. Reprise, colorido, 124 min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.