Tudo muda continuamente

Sol em sextil com Saturno, Vênus em sextil com Plutão; a Lua cresce em Sagitário.

Quiroga, O Estado de S.Paulo

06 de dezembro de 2010 | 00h00

A calmaria antecede a tormenta, ao passo que esta anuncia a calmaria. A vitória prevê a dificuldade de continuar avançando enquanto a derrota, quando bem processada, se transforma na segura vitória do futuro. Aqui, na Terra, nossa humanidade é viciada em golear, em resultados concretos, em vitórias retumbantes, mas ainda é muito pouco eficiente na conservação de seus avanços e vitórias. Quando os derrotados não se deixam tomar pelo ressentimento se transformam em vitoriosos. Quando os vitoriosos se deixam tomar pela soberba se transformam em derrotados. Tudo está em contínuo movimento e mutação, por isso é mais importante preservar do que conquistar e, para isso, é mais valioso estreitar laços de cooperação mútua do que competir.

ÁRIES 21-3 a 20-4

O espírito da tragédia é o de seus protagonistas reconhecerem a inevitabilidade de certas consequências e ainda assim continuarem nessa rota inexorável. Há tragédias que beneficiam, mas são raras, será este seu caso?

TOURO 21-4 a 20-5

Preservar um equilíbrio que não se sustenta mais é perder tempo e recursos. Melhor você aproveitar o impulso que a realidade oferece a todas as pessoas de boa vontade para que contribuam na construção de um mundo melhor.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

O clima de harmonia é importante, mas se for sincero e firme. De outro modo, esse clima de harmonia seria como guardar esqueletos no armário, que, inevitavelmente viriam a ressurgir do mundo dos armários embutidos.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Sua alma será arrebatada pelo que acontece com as pessoas próximas, ainda que não tenha responsabilidade alguma no que está em andamento. Esta é uma forma de equilíbrio, um chamado a participar nos relacionamentos.

LEÃO 22-7 a 22-8

Certamente você será capaz de reconhecer que seus próprios passos e atitudes criaram as situações atuais e delas você só sairá com outros passos e outras atitudes. Agora só resta fazer as escolhas mais sábias.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Você fará o que desejar fazer, alguma dúvida a esse respeito? Agora será apenas uma questão de contabilizar perdas, danos e ganhos nesse caminho de inexorável satisfação de seus desejos. Isso também é necessário.

LIBRA 23-9 a 22-10

Entre uma coisa e outra, o tempo que deveria ser destinado à leveza e confraternização parece descambar para o lado de situações que seria melhor evitar, principalmente nas festas de fim de ano. Faça o que for possível.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Toda uma série de dificuldades vem por aí e não poderá ser evitada, mas driblada com classe e destreza. Assim mesmo se exercita a alma para ganhar mais experiência e mestria nos métodos de navegação pela Vida.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Todo o esforço presente para assegurar sua posição no mundo é produto do que sua mente imaginou ser o melhor, por isso não há culpa. Porém, o mundo mudou rápido demais e o que antes era normal deixou de sê-lo.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

As circunstâncias imprimem o ritmo atual, mas você nunca deve esquecer que acima delas há uma força maior, que é sua própria vontade. Ainda que essas circunstâncias pareçam insuperáveis, você poderá driblá-las.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

Sua alma pressente uma intensidade que não consegue confirmar nos acontecimentos, tudo parece estar dentro da normalidade e com as pessoas cheias de entusiasmo. A pergunta que fica: será que é tudo loucura sua?

PEIXES 20-2 a 20-3

As limitações e dificuldades atuais são pérolas preciosas que ainda aguardam por você valorizá-las devidamente e, assim, colocá-las em seu devido lugar. Queixar-se é um exercício que deveria ser banido sumariamente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.