"Tudo de bom" sobre NY, com Luana Piovani

Depois de cometer várias gafes na apresentação do último VMB 2000 (Video Music Brasil), Luana Piovani tem agora a chance de conquistar um público atacando de entrevistadora a partir de quinta-feira, dia 12, às 23 horas, quando estreará na MTV o programa Tudo de Bom, direto de Nova York. Antes da estréia, seu único trabalho na emissora musical foi o comando do VMB. Quando esteve no Brasil para o evento, ela pouco falou sobre seu programa, mas sobrou falta de jeito para apresentar, ao vivo, a festa dos melhores videoclipes do ano. Luana esqueceu, por exemplo, de anunciar os nomes dos profissionais que idealizaram o site de Marisa Monte, eleito como o melhor da noite. Naquela hora, Marisa estava enrolando o cabelo e não subiu a tempo de receber o prêmio. No lugar, foi chamado seu webmaster, cujo nome não foi anunciando por Luana. Mas em Tudo de Bom Luana promete estar mais à vontade, bem com jeito de moleca disfarçado no corpo de mulherão. Gravado pela MTV americana, ela vai apresentar toda semana um programa de variedades mostrando as boas coisas que tem aproveitado durante sua estada em Nova Iorque. Atualmente, Luana está morando em Hell´s Kitchen, na zona oeste de Manhattan, em "um apê um pouco maior do que o que eu morava no Rio, que era um tico", como ela mesmo define.Rotina supervisionada - Ao sair do apartamento, Luana vai para o curso de inglês, à lavanderia, às compras, levando junto uma câmera e uma "enorme" equipe da MTV, formada por três pessoas: Paula Chispianiano, a diretora; Lia Pimenta, a assistente de direção e Mônica Rogovinski, a produtora, que durante estes dois meses em que esteve por lá serviu de camerawoman, já que a equipe ainda não contava com o apoio do cameraman Marcelo Myao.Além de cobrir os eventos culturais da cidade - entre os quais estão shows, exposições de arte, estréias de filme, desfiles de moda - ela vai entrevistar os brasileiros que estiverem de passagem por lá. E, de vez em quando, vai balbuciar seu inglês, ainda em fase de aperfeiçoamento, conversando com alguns americanos que coincidirem no contexto de suas pautas."O fato de eu ser da MTV abre mais portas lá fora do que se eu dissesse que sou da Globo ou SBT, por exemplo. Quando falo que sou da MTV Brasil, é glamour total. Além de os americanos já conhecerem a marca da emissora, o Brasil está super na moda lá fora. As pessoas ficam todas animadinhas quando eu digo MTV Brasil", comenta ela.Primeiros programas - No primeiro programa, além de visitar o Museu de Ellis Island, ela conversa com Marisa Monte no restaurante Odeon. Imagens do show da cantora no Beacon Theater também estão no cardápio. Entre as curiosidades, está uma entrevista com a banda Ginga Pura, formada por norte-americanas que adotaram a batucada brasileira como ritmo mestre.No segundo programa, no dia 19, Luana reserva um tempo para Jorge Benjor, que fala sobre seu show no Irving Plaza e relembra a época em que morou em Nova York, aos 23 anos. Também vai ao ar neste programa os bastidores dos desfiles das grifes Rosa Chá e de Fause Haten. Na ocasião, Luana conversa com outros modelos brasileiros : Fernanda Tavares, Ana Cláudia, Luciana Curtiz, Paulo Zulu e Beto Simas. Luana também entrevistou Guilia Gam, foi com Daniela Mercury a uma apresentação de dança e registrou o sucesso da exposição do fotógrafo Sebastião Salgado.

Agencia Estado,

08 de outubro de 2000 | 15h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.