Trump quer trazer concurso Miss Universo para o Brasil

O milionário americano Donald Trump pretende realizar mais uma empreitada no Brasil. Depois do projeto Villa Trump, empreendimento que prevê a construção do maior complexo de golfe da América Latina, o megaempresário quer trazer para o País, em 2005, a final do concurso Miss Universo. "Para Trump, o Brasil é o local que reúne as mulheres mais bonitas do mundo; por isso, ele pretende transformar o País na capital do seu concurso Miss Universo", afirma Ricardo Bellino, representante dos negócios de Trump no Brasil. De acordo com Bellino, o Miss Universo representa uma oportunidade única para a promoção da imagem do Brasil nos países ? cerca de 140 - onde o evento é exibido. Segundo seus cálculos, o montante envolvido nas campanhas de divulgação do concurso gira em torno de US$ 4 milhões. "Além disso, a audiência do programa é estimada em cerca de 800 milhões de telespectadores em todo o mundo." Muitas celebridadesDesde 2003, a rede americana de televisão NBC fechou contrato de cinco anos com Donald Trump, chairman das organizações Trump e proprietário do evento Miss Universo, para a produção do especial de televisão do concurso. No ano passado, a final do concurso foi realizada no Panamá. Entre as celebridades que já participaram dessa festa estão Ricky Martin, Britney Spears, Cindy Crawford, Tommy Hilfiger, Oscar de Renta e Carolina Herrera.Bellino, que está encarregado de avaliar todas as condições para a realização do evento, tais como um road-show entre as emissoras de televisão e as prefeituras das capitais mais importantes do País, destaca também que o concurso envolve delegações de cerca de 70 países. "Já posso imaginar o Brasil sendo invadido, durante uma semana, pelas mulheres mais lindas do planeta", complementa.Classificado como um obstinado em transformar sonhos em projetos, Ricardo Bellino reúne em seu currículo algumas iniciativas de sucesso, como trazer para o Brasil o concurso The Look of the Year, da Elite Models, e a campanha O Câncer de Mama no Alvo da Moda. Além disso, ele é o responsável pela criação da primeira modelo virtual do mundo, a Webbie (em 1999), que estrelou uma campanha da Nokia no Brasil e na Ásia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.