'True Grit', dos irmãos Coen, abrirá Festival de Berlim

Embora o 61.º Festival de Berlim só comece em 10 de fevereiro, a organização do evento já confirmou algumas das atrações que vão marcar a Berlinale de 2011. A abertura será com "True Grit", western dos irmãos Joel e Ethan Coen, com Jeff Bridges como o xerife caolho Rooster Cogburn. Há 40 anos, John Wayne ganhou o Oscar por seu papel no original de Henry Hathaway, lançado no Brasil como "Bravura Indômita".

AE, Agência Estado

16 de dezembro de 2010 | 10h33

Outro título confirmado ontem pelo próprio Dieter Kosllick, diretor artístico do festival foi "Pina", documentário (em 3-D) de Wim Wenders sobre a coreógrafa Pina Bausch. Homenageado da Mostra deste ano, Wenders disse ao jornal O Estado de S. Paulo que durante muito tempo sonhou com esse filme, mas não conseguia resolver o problema técnico de projetar o público dentro da experiência de dança de Pina. Só quando pensou no 3-D foi que o projeto finalmente tomou forma em sua cabeça.

Há grande expectativa pelo resultado, bem como por "Coriolano", com Gerard Butler, que assinala a estreia do ator Ralph Fiennes na direção. O filme é uma adaptação da peça de Shakespeare. Outros filmes anunciados para a próxima Berlinale são: "Yelling in the Sky", de Victoria Mahoney, dos EUA; "If Not Us, Who?", de Andres Veiel, da Alemanha; "The Future", de Miranda July, produção teuto-americana; e "Our Grand Dispair", de Seyfi Teoman, turco-alemã. A atriz Isabella Rossellini vai presidir o júri e a Berlinale negocia para ter o iraniano Jafar Panahi entre os seus integrantes. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
cinemafestivalBerlim

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.