Trovadores Urbanos promovem hoje 'Seresta de Sexta'

Os Trovadores Urbanos, quarteto vocal que surgiu na década de 90 promovendo serestas em São Paulo, fazem apresentações gratuitas de música brasileira todas as sextas-feiras no projeto "Seresta de Sexta", em sua sede no bairro de Perdizes. Para chamar a atenção do público, a apresentação tem início na sacada do sobrado.

AE, Agência Estado

29 Abril 2011 | 13h58

Outras apresentações ocorrem dentro da residência, onde o público pode conhecer melhor a história desse quarteto, cujo sucesso o levou a criar uma empresa que hoje contrata cerca de 50 músicos. O grupo, formado pelos artistas Eduardo Santhana, Juca Novaes Maída Novaes e Valéria Caran, chegou a se apresentar fora do País e já lançou sete CDs.

Os Trovadores também ajudaram a encaminhar muita gente boa: Bruna Caram, sobrinha de Maída e de Valéria, chegou a fazer parte dos Trovadores Mirins dos 9 aos 13 anos. "A gente viu o surgimento dos Trovadores. E eu e meus primos estávamos loucos. Pedimos para ela (Maída) criar um grupo de criança. E, por causa disso, surgiu os Trovadores Mirins", disse a cantora, em entrevista concedida em fevereiro sobre show "Feriado Pessoal", seu segundo disco.

A "Seresta de Sexta" teve início há um ano. "Foi uma forma que encontramos de homenagear São Paulo e os paulistanos por todos esses anos de carinho com os Trovadores", diz Maída, em entrevista à assessoria de imprensa do quarteto. Hoje, uma dupla de trovadores fará quatro apresentações, de 15 minutos cada, às 20h, 20h30, 21h e 21h30.

Seresta de Sexta - Trovadores Urbanos. Rua Aimberê, 651 - Perdizes/São Paulo. Horário - 20h, 20h30, 21h, 21h30. Entrada franca. Tel. (011) 2095-0100.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.