Trio de bambas reunidos em formade samba e amor

BECKER E

O Estado de S.Paulo

18 de agosto de 2012 | 03h09

SACRAMENTO

TODO MUNDO

QUER AMAR

Borandá. Preço: R$ 29,90

BOM

Ter Paulo César Pinheiro como parceiro letrista é meio caminho andado para um samba decolar. Na bela e lapidada voz de Marcos Sacramento, as possibilidades aumentam consideravelmente. Sofisticado violonista e compositor, Zé Paulo Becker acertou a mão ao convidá-los para dividir com ele uma coleção de 14 canções reunidas no álbum Todo Mundo Quer Amar. Virtuose das cordas, arranjador e produtor do CD, Becker manteve bom equilíbrio para que tanto sua atuação e a voz de Sacramento se sobressaíssem em harmonia nessa tríplice aliança. Com convidados de peso como Leandro Braga, Bebê Kramer, Luciana Rabello e Silvério Pontes, a parte instrumental é um quesito à parte. Bamba nessa linhagem de canção, Sacramento dá conta de bordar com cores distintas os tortuosos traçados das composições de Becker, em diversas modalidades de samba - seja dolente, na bossa, de gafieira e até num choro (Gota de Ouro), uma das melhores faixas. As letras de Pinheiro vêm recheadas de sentimento boêmio da Lapa (onde o músico e o cantor se revelaram) e remissões a um passado romântico com novas impressões sobre o tema mais recorrente do cancioneiro mundial: amor. Becker e Sacramento fazem show de lançamento do CD hoje, às 21h30, na Choperia do Sesc Pompeia, Rua Clélia, 93, telefone 3871-7700, com ingressos de R$ 4 a R$ 16. / LAURO LISBOA GARCIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.