Trilhas célebres no municipal

Compositores franceses são o tema da nova edição do Cinema em Concerto, da Orquestra Experimental de Repertório. Trilhas de compositores como Georges Delerue, Gabriel Yared e Maurice Jarre serão interpretadas pelo grupo sábado e domingo no Teatro Municipal, com a exibição de trechos dos filmes.

JOÃO LUIZ SAMPAIO, O Estado de S.Paulo

20 de abril de 2012 | 03h09

O concerto começa com a trilha de Delerue para O Desprezo, de Godard; em seguida, serão interpretadas criações de Philippe Sarde para As Coisas da Vida, de Claude Sautet, e Tess - Uma Lição de Vida, de Roman Polanski. A orquestra toca então trechos da trilha de Yared para o filme O Paciente Inglês, de Anthony Minghella, e de Alexander Desplat para A Rainha, de Stephen Frears.

Na segunda parte, serão ouvidas trilhas de A Grande Escapada (música de Georges Auric para filme de Gérard Oury), Microcosmos e Oceanos (partituras de Bruno Coulais para filmes de Claude Nuridsany e Jacques Perrin, respectivamente) e Lawrence da Arábia (filme de David Lean, música de Maurice Jarre).

A ideia da apresentação é mostrar que a "evolução da música de cinema francesa resultou do diálogo estreito com a tradição erudita, formando gerações de bons músicos", como diz no roteiro da apresentação o jornalista Antonio Gonçalves Filho. "O mais novo entre esses músicos, Alexandre Desplat, representa o elo entre a tradição e a renovação sinfônica que permite dizer sem medo de errar: é no cinema que a música de concerto sobrevive - e bem - neste começo de século", afirma.

Para o maestro Jamil Maluf, que criou a série Cinema em Concerto nos anos 90 e rege a orquestra nas duas apresentações, "os compositores franceses fazem uso de sutilezas melódicas, de combinações simples e muito efetivas dos timbres de uma orquestra para tecer sua teia sonora. Cada nota parece carregar uma intenção de sentimento". O compositor Alexandre Guerra assina a curadoria e a direção de produção do espetáculo, que terá narração do ator Tarcísio Filho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.