Helcio Nagamine/Estadão
Helcio Nagamine/Estadão

Três opções de teatro infantil para curtir no fim de semana

O musical 'Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolates' estreia nesta sexta (17), com apresentações presenciais no Teatro Renault; veja outras opções

Vanessa W. Skilnik , WWW.BORA.AI

17 de setembro de 2021 | 05h00

Esta semana separamos três bons espetáculos teatrais para levar as crianças. A começar pela estreia do musical Charlie e a Fábrica de Chocolate, com apresentações presenciais a partir desta sexta (17). Confira outras opções aqui e mais programação de lazer infantil no www.bora.ai.

Charlie e a Fantástica Fábrica de Chocolate

O musical, que estreia nesta sexta (17), traz 38 atores em cena para contar a história de Charlie Bucket, um garoto pobre que acha um dos cinco cobiçados bilhetes dourados que lhe dá o direito a visitar a misteriosa fábrica do chocolateiro Willy Wonka - há anos isolado em seus pensamentos e fantasias. Os bilhetes dourados foram colocados em barras de chocolate de um concurso promovido por Willy para encontrar um sucessor de coração puro. As crianças premiadas entram na fábrica e mergulham em um mundo da fantasia. Durante o passeio, Willy elimina as crianças que não têm os atributos de valores e afeto que ele procura.

A montagem conta com efeitos especiais, como os que serão usados para o desaparecimento das crianças ao longo da visita à Fábrica.  A peça é baseada no livro Charlie and the Chocolate Factory, de Roald Dahl. 

Estreia dia 17/09. Teatro Renault: Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 411. Sexta-feira às 20h30. Sábado às 15h30 e 20h30. Domingo às 14h30 e 19h30. Ingressos de R$ 50 a R$ 310 na Tickets for Fun

O Pescador e a Estrela

O musical infantil O Pescador e a Estrela conta a jornada de um jovem pescador deficiente visual para resgatar o seu amor. No caminho, o menino solitário, que não consegue mais enxergar a felicidade, é convidado por uma ‘mensageira das estrelas’ a voltar o olhar para dentro de si e entender que há coisas na vida que não podem ser vistas, apenas sentidas. O menino se transforma no jovem Fabiandro, um pescador apaixonado por uma estrela, apesar de nunca tê-la visto.

A cenografia transforma o palco do CCBB no universo íntimo e simbólico do protagonista, com véus e membranas que dificultam a visão, mas que caem quando seu mundo se expande através da sua imaginação. O projeto se propõe a dar protagonismo à deficiência visual, ampliando a reflexão sobre a acessibilidade dentro das artes cênicas, principalmente voltadas ao universo da infância, tanto dentro do espetáculo como na composição da equipe técnica e artística. 

Até 4 de outubro. CCBB São Paulo: Rua Alvares Penteado 112. Sábados e Domingos às 15h. Ingressos R$ 30 (inteira) pelo Eventim. Livre. Apresentações online pelo YouTube do Banco do Brasil nos dias 2, 3, 9 e 10 de outubro, das 9h de sábado às 21h de domingo.

'Fim da Picada' - Grupo Esparrama

Pais e crianças são convidados para participar de uma experiência teatral ao vivo, em que o público é peça-chave para o desenrolar da trama Fim da Picada. Dois palhaços se reúnem para uma contação de histórias, mas são surpreendidos por um zunido, um barulho vindo da janela: é uma abelha rainha, que chega trazendo um recado urgente. A partir de então, as crianças que estiverem assistindo ao espetáculo decidem os rumos, interferindo nas escolhas e o principal: escolhem o fim!  O público participa por meio do chat do YouTube, tornando cada apresentação única.

De 18 e 25 de setembro, às 11h, pelo YouTube do Sesc Pinheiros. Livre.

Tudo o que sabemos sobre:
teatrocriança

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.