Três gerações de atrizes divulgam cinema francês no País

Três gerações de atrizes divulgam cinema francês no País

Festival de cinema francês acontece em 20 cidades brasileiras e exibe dez filmes inéditos

IGOR GIANNASI, Agência Estado

08 Junho 2011 | 11h33

Oh là là! Representantes de três gerações de atrizes francesas vêm ao Brasil para divulgar a cinematografia de seu país no Festival Varilux de Cinema Francês. São elas: a diva Catherine Deneuve (A Bela da Tarde), a estrela Audrey Tautou (O Fabuloso Destino de Amélie Poulain) e a também diretora Sandrine Bonnaire (Mulheres Diabólicas). Serão exibidos dez filmes inéditos, entre eles Potiche: Esposa Troféu, de François Ozon, estrelado por Deuneve, Uma Doce Mentira, com Tautou, e Xeque Mate, com Bonnaire, que também será homenageada em uma retrospectiva com outras sete obras de ficção nas quais atuou e com um documentário que ela dirigiu (O Nome Dela é Sabine).

No ano passado, o festival aconteceu em nove cidades. Desta vez, ele começa nesta quarta-feira simultaneamente em 20 cidades e termina no dia 16 de junho. As cidades que recebem o festival ao mesmo tempo são: São Paulo, Rio de Janeiro, Belém, Brasília, Campos (RJ), Campinas (SP), Curitiba, Florianópolis, Goiânia, João Pessoa, Juiz de Fora (MG), Macaé (RJ), Maceió, Natal, Porto Alegre, São Luís, Santos (SP), Salvador, Recife e Vitória. Já em Fortaleza, o evento acontece entre os dias 16 e 23 de junho e em Belo Horizonte, de 24 a 30 de junho.

Segundo Christian Boudier, da produtora Bonfilm e organizador do festival, o evento é uma oportunidade de promover e dar visibilidade aos filmes franceses no Brasil, além de mostrar a diversidade do que é produzido naquele país, já que na programação há comédia, filme de autor e até animação. "Queremos mostrar que o cinema francês é interessante e pode ser uma boa diversão", diz ele. De acordo com Boudier, a maior parte deles deve entrar em circuito no País.

Para tristeza dos cinéfilos paulistanos, a atriz Catherine Deuneve não dará o ar da graça na cidade de São Paulo. Estão programadas a presença de Sandrine Bonnaire, na própria quarta-feira, no Cinesesc, a partir das 15 horas, e de Audrey Tautou, no Reserva Cultural, às 14 horas, antes da exibição de seus filmes. Já os cariocas poderão encontrar Deneuve (caso não haja nenhuma mudança) no Unibanco Arteplex Botafogo, na quinta-feira, às 19h30. Já Sandrine Bonnaire deve marcar presença, também na quinta, no Estação Sesc Ipanema, às 14 horas, e no Instituto Moreira Salles, às 20 horas, e na sexta-feira, às 20h45, no Unibanco Arteplex Botafogo. Audrey Tautou deverá aparecer ao público carioca apenas na sexta-feira, às 23 horas, no Unibanco Arteplex Botafogo.

Animação

Outro destaque do festival será a exibição ao ar livre, no Forte do Leme, no Rio de Janeiro, no sábado, dia 11, às 18h30, da animação "Um Gato em Paris", que também integra a mostra regular. O diretor do filme, Alain Gagnol, também é um dos convidados do evento.

Logo após a animação, no mesmo local, será exibido o clássico Orfeu Negro, dirigido por Marcel Camus, e vencedor da Palma de Ouro em Cannes, em 1959, e do Oscar e do Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro, em 1960. A princípio, conta Boudier, a intenção era que o longa-metragem fosse exibido no Morro da Babilônia, onde foram feitas as filmagens dessa adaptação da peça "Orfeu da Conceição", de Vinícius de Moraes. Mas isso não foi possível por razões técnicas. "Esse filme tem tudo a ver com a relação franco-brasileira", diz o organizador da mostra. Haverá ainda um encontro entre profissionais da área cinematográfica no Rio de Janeiro, no dia 10. O tema da reunião da delegação francesa com os profissionais brasileiros será "Cinema Digital e Diversidade Cultural: Desafios e Oportunidades para as indústrias Brasileira e Francesa".

O Festival Varilux de Cinema Francês é realizado pela Unifrance Film International, associação de promoção do cinema francês no mundo, e é promovido e patrocinado pela multinacional francesa Essilor-Varilux. Além da produção da Bonfilm, também tem o apoio da Embaixada da França no Brasil e da Aliança Francesa, entre outras empresas. Mais informações e a programação completa está no site www.festivalcinefrances.com.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.