Transporte de Guepardo atrapalha voo da Qantas

SYDNEY (Reuters Life!) - Como se uma série de problemas técnicos e atrasos não fosse o suficiente para a Qantas Airways, um recente voo doméstico teve que fazer um breve pouso por causa de um guepardo (animal também conhecido como chita).

REUTERS

09 de dezembro de 2010 | 12h38

O voo de Melbourne para Adelaide foi atrasado na quarta-feira em quase uma hora por dificuldades em manusear uma caixa usada para transportar o animal, que seria transferido para um outro zoológico.

"Pedimos desculpas pelo atraso, estamos tendo problemas para embarcar um guepardo", disse um piloto aos passageiros, segundo a mídia. "Precisamos fazer isso com muito cuidado," acrescentou.

O guepardo estava sendo transferido de um zoológico em Perth, no oeste da Austrália, para um outro em Adelaide, e o problema ocorreu na passagem para outro voo, em Melbourne.

O avião finalmente decolou com 50 minutos de atraso, sem o guepardo, que foi colocado em outro voo.

"O que estamos fazendo não é uma coisa incomum. Já transportamos pinguins, crocodilos e hipopótamos em nossos aviões", disse um porta-voz da Qantas.

A Qantas tem enfrentado diversos problemas recentemente, incluindo uma falha nos motores em pleno voo no mês passado, que obrigou toda sua frota de Airbus A380 a permanecer em terra.

(Reportagem de Pauline Askin)

Tudo o que sabemos sobre:
ODDQANTASGUEPARDOCHITA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.