Traffic aposta na regionalização da TV

A Traffic Comunicações, quecomprou três emissoras da Rede Globo no interior de São Paulo -a TV Aliança, de Sorocaba, TV Modelo de Bauru, e TV Progresso,de São José do Rio Preto -, pretende abrir mais espaço para asprogramações regionais, especialmente esportiva.Segundo o controlador da Traffic, José Hawilla, asemissoras continuarão usando a programação da Globo, mas terãotambém espaços para programas locais. O objetivo é dar a cada TVa "cara" da cidade onde se localiza, tanto no jornalismoquanto nas campanhas e parcerias."A população precisa saber que a televisão está pertodela", disse Hawilla. A empresa vai aproveitar sua experiênciana área para promover os eventos esportivos. As mudanças serãosentidas a partir do início de 2003, segundo ele. Até lá, asemissoras passarão por algumas alterações, mas a estruturafuncional será mantida. Os nomes devem ser alterados. Estáprevista a interligação das unidades por meio de links.Um acordo de confidencialidade firmado com a Globoimpede que sejam revelados os valores envolvidos no negócio.Hawilla disse ter apostado na tendência de regionalização datelevisão. "O interior de São Paulo é um mercado imenso." Elelembrou ter atuado como repórter de rádio, acompanhando asequipes da capital em disputas contra equipes do interior. Naépoca, teve a oportunidade de conhecer todas as regiões.Sobre a parceria que a Hawilla mantém com a Record,disse que ela se resume à área de esportes. "Nós operamos ofutebol com a Record, por contrato que vai até dezembro, e nestemomento estamos discutindo a operação para o ano que vem."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.