Trabalhos de Warhol e Lichtenstein são furtados em NY

A polícia está procurando ajuda para recuperar obras de arte de Roy Lichtenstein e Andy Warhol que foram furtadas de um apartamento arrombado em Nova York. Os ladrões entraram no imóvel após quebrarem uma parede.

REUTERS

24 de dezembro de 2010 | 19h02

Eles também levaram uma pintura a óleo de Carl Fudge e outros objetos de valor durante o feriado de Ação de Graças, no fim de novembro. A polícia não havia divulgado o crime até que resolveu pedir ajuda da população, na noite de quinta-feira.

"Um suspeito desconhecido entrou no apartamento através de uma parede num corredor e retirou os objetos de arte, relógios e outras joias. Um gravador de imagens ligado a câmeras de observação dentro do apartamento também foi levado", informou a polícia em um comunicado.

O prejuízo total é estimado em cerca de 750 mil dólares, segundo o jornal The New York Post, que citou fontes não identificadas.

As obras de Warhol levadas foram "Superman", "The Truck" e "Camouflage", composta de oito peças. De Lichtenstein foram furtados "Thinking Nude" e "Moonscape".

A pintura de Carl Fudge é intitulada "Live Cat."

(Reportagem de Daniel Trotta)

Tudo o que sabemos sobre:
ARTEWARHOLLICHTENSTEIN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.