Tortelier estreia hoje como regente titular da Osesp

É hoje. Após 12 anos comandada pelo maestro John Neschling, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp) faz a partir das 21 horas seu primeiro concerto com novo regente titular, o francês Yan Pascoal Tortelier. No repertório, as Variações Enigma, de Elgar, e a Sinfonia nº 2, de Rachmaninoff. A apresentação será transmitida pela TV Cultura logo após o encerramento do concerto, às 23 horas.Na semana passada, Tortelier pediu paciência ao público. Até agora, diz, regeu a orquestra apenas em dois concertos, em 2008, e quer comandá-la mais algumas vezes antes de se decidir sobre repertórios e planos para o futuro do grupo. Ele explicou também os motivos que o levaram a trocar o repertório do concerto de abertura, que teria o oratório Paulus, de Mendelssohn. ?Foi tudo na última hora e precisei tomar decisões rápidas?, disse. ?Procurei encontrar uma opção que servisse bem à orquestra e também a mim. O coro, claro, ficou de fora desta vez, mas pretendo trabalhar muito com eles durante minha passagem por São Paulo.?Nas duas próximas semanas, Tortelier segue no comando do grupo. Nos dias 12, 13 e 14, rege peças de Khachaturian, Rossini e Sibelius; e, nos dias 19, 20 e 21, de Mozart e Ravel, com participação da soprano alemã Juliane Banse. Na sequência, volta a São Paulo apenas em maio, para programa dedicado a autores franceses (Ravel, Dutilleux e Berlioz). As apresentações acontecem na Sala São Paulo, hoje e amanhã, 21 h; sábado, 16h30. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.