Tommy Lee se desculpa por briga em show e xinga rival

Briga com o rival Kid Rock aconteceu durante o MTV - Video Music Awards

Reuters,

13 de setembro de 2007 | 10h12

O baterista de rock Tommy Lee pediu desculpas a Alicia Keys e à MTV por envolver-se numa briga durante a apresentação da cantora no show dos Video Music Awards da MTV no fim de semana. Mas não poupou seu adversário, o cantor de rock Kid Rock, a quem descreveu como "covarde" e "caipira". Os dois músicos são ex-maridos da atriz Pamela Anderson, uma das apresentadoras do evento do domingo no casino Palms, em Las Vegas, e não se suportam.  Em texto publicado em seu site, Lee disse que estava se divertindo na cerimônia, reencontrando velhos amigos, quando Kid Rock lhe deu um tapinha no ombro. Lee disse que se levantou para abraçar o roqueiro e trocar palavras com ele. "Ele me deu um soco na cara", relatou Tommy Lee. "Se é que dá para chamar disso. Foi mais um tapinha afeminado." Lee disse que começou a revidar, mas que seguranças do hotel o arrastaram para fora, ameaçando quebrar seu braço. O guarda-costas do próprio Tommy Lee mandou os seguranças o soltarem, e Lee foi escoltado até seu quarto por policiais e o co-proprietário do Palms, George Maloof.  "Quero pedir desculpas a Alicia, a George e à MTV pela confusão e a falta de respeito provocadas por um pedaço de b... chamado Kid Pebble" (Kid Pedrinha, em lugar de Kid Rocha), disse Lee. Kid Rock, cujo nome real é Bob Ritchie, pôde assistir ao resto do show. Mais tarde, foi intimado pela polícia de Las Vegas a comparecer em juízo por cometer infração.

Tudo o que sabemos sobre:
Tommy LeeMTVAlicia Keys

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.