Tom Zé canta clássicos do tropicalismo em São Paulo

?Tropicalismo é o braço armado da segunda revolução industrial.? A frase dita por Tom Zé sai com a força e a credibilidade de quem há 40 anos ajudou a criar e foi um dos mais importantes integrantes do movimento. De hoje a domingo, o músico sobe ao palco do Sesc Pompéia, em São Paulo, para interpretar clássicos da Tropicália ao lado dos jovens músicos Roberta Sá, Isaar França e Flávio Basso (integrante do grupo gaúcho Júpiter Maçã). ?A intenção não é fazer cover das músicas tropicalistas, e sim reler o material com informações musicais dos dias de hoje?, explica o diretor do espetáculo, o carioca Lucas Santtana, que selecionou 16 músicas e fez o arranjo de todas elas. ?A proposta é atualizar o repertório da Tropicália para os dias de hoje?, completa Santtana. Até a escolha dos músicos que irão acompanhar Tom Zé foi feita com esse objetivo. ?As músicas de Basso têm muita influência da Tropicália e da Jovem Guarda. Isaar traz um regionalismo forte e um jeito diferente das cantoras atuais. Roberta Sá, por sua vez, representa uma tradição de cantoras que começou com Gal Costa?, explica o diretor musical.O show faz parte da série Era Iluminada, promovida pelo Sesc, que apresenta a cada edição um panorama dos movimentos e gêneros que compõem a história da música brasileira. Bossa Nova, Jovem Guarda, O Cassino da Urca, A Vanguarda Paulista, Os Festivais, Black Music e Rock Anos 80 foram os temas das outras edições. As informações são do Jornal da Tarde.Era Iluminada - Tropicália, com Tom Zé, Roberta Sá, Isaar e Flávio Basso. Hoje e amanhã, às 21h. Domingo às 18h. Sesc Pompéia (R. Cléia, 93. Pompéia). Tel: (011) 3871-7700. R$ 24 (inteira); R$12 (meia); R$6 (comércio). 12 anos.

AE, Agencia Estado

18 de julho de 2008 | 11h12

Tudo o que sabemos sobre:
músicatropicalismoTom Zé

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.