Tom Ford se despede do circuito fashion

O estilista americano Tom Ford, de 42 anos, apresentou ontem sua coleção de despedida da grife Yves Saint Laurent. O desfile foi prestigiado por cerca de mil pessoas no Museu Rodin, de Paris, tradição iniciada pelo próprio Saint Laurent. Inspirada em tradições russas e chinesas, a coleção foi o ponto alto da programação da semana fashion francesa, edição inverno.Ford foi diretor artístico da YSL por quatro, e da Gucci, que ajudou a reerguer, por dez anos. No final do ano passado, após tentativas fracassadas de negociação com a Pinault-Printemps-Redoute, que controla as duas casas, o estilista comunicou sua saída e agora sonha em virar diretor de cinema, pondo fim a uma era no mundo fashion.Em fevereiro, em Milão, Ford apresentou sua última coleção para a Gucci. Em comparação, a despedida na Itália foi mais emocionada, com direito a chuva de pétalas e aplausos calorosos. Na França, o adeus foi mais lacônico. A platéia também aplaudiu, claro, mas o estilista limitou-se a sorrir, sem dizer uma palavra sequer. Para seu lugar, a Pinault-Printemps-Redoute deve anunciar ainda esta semana, segundo a imprensa americana, não um mas três estilistas, todos pouco conhecidos: Alessandra Facchinetti, John Ray e Alfreda Giannini.Valentino - Pouco antes de Tom Ford, quem brilhou na semana de moda francesa foi Valentino, que apresentou uma bela e elaborada coleção com looks que remetem à diva alemã Marlene Dietrich e à fotografia do mestre alemão Helmut Newton, morto no início do ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.