"TJ Manhã", o novo jornal do SBT

A jornalista Patrícia Pioltini, do SBT, mudou radicamente seus horários para poder encarar um novo desafio em sua profissão. Acostumada a apresentar o SBT Notícias nas madrugadas de sábado e domingo, e realizar reportagens para o Jornal do SBT durante a semana, Patrícia começa a partir do dia 4 de junho a acordar bem mais cedo para apresentar o TJ Manhã, novo jornalístico que irá ao ar em rede nacional às 6h30, de segunda a sexta. Com 20 minutos de duração, o jornalístico tem como função principal servir como uma prestação de serviços ao telespectador, além de fazer um breve resumo das últimas notícias e uma prévia do que virá durante o dia. "Um dos diferenciais que este jornal terá é o fato de ser ao vivo", ressalta a apresentadora, que costuma gravar o noticiário do final de semana algumas horas antes de ir ao ar. No mesmo horário, a "Globo" exibe o Globo Rural, destinado a atingir um público mais específico. "Não estamos visando a concorrência, nem pensando no Ibope. A intenção é criar mais um jornal para que o telespectador possa se manter mais informado", salienta Patrícia.Esperança - O diretor responsável pelo jornalismo da emissora, Walter Santos, acredita na boa vontade de Silvio Santos em aumentar o trabalho e as contratações no departamento. "Estaremos experimentando o horário, o jornal terá 20 minutos, mas com o tempo pode crescer", diz Santos. Prova disso é que alguns jornalistas já foram contratados e foram criadas sucursais em Brasília e no Rio de Janeiro. "Teremos estrutura para fazer tudo ao vivo", comemora Santos.Segundo ele, o jornal vai se destacar na prestação de serviços e antecipação do que irá acontecer ao longo do dia. "Será em rede e pretendemos fazer um produto bastante denso. O formato será o mesmo do Jornal do SBT (noite), mas iremos inovar na maneira de editar as matérias", diz Soares. "Além disso queremos promover a integração entre as emissoras afiliadas do "SBT". Todas terão condições de entrar em rede ao vivo".Projetos - Entre os planos do departamento de jornalismo do "SBT" está a criação de um jornal local e boletins diários de notícias a serem transmitidos de hora em hora. "Esses projetos ainda não têm data para ir ao ar, mas se tudo continuar dando certo como foi com o "Jornal do SBT", que começou com 15 minutos e hoje está com meia-hora de duração, deve começar em breve", conta Santos.Dar suporte ao Domingo Legal é outra função da equipe de jornalismo, que já há algum tempo usa as notícias ao vivo como forma de alavancar sua audiência. "Cada vez mais pretendemos aumentar essa integração com o Gugu. Isso já acontece às vezes, mas deve virar uma prática mais comum", avalia Soares. Segundo ele, a redação fica disponível ao programa de Gugu aos domingos. Agora só resta esperar para saber se Silvio Santos vai mesmo continuar investindo em jornalismo como sua equipe anseia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.