Tiazinha disputa marca com a Band

Antes eram apenas a máscara, o chicote, o corpete preto e a cinta-liga que separavam o personagem Tiazinha de sua criadora, Suzana Alves. Neste mês, porém, o fim de seu contrato com a Rede Bandeirantes aumentou a distância entre a moça e sua versão sadomasoquista - tudo porque a emissora e Suzana estão disputando o uso da marca Tiazinha - , o que pode impedi-la de incorporar a heroína depiladora no futuro. Além do fim do contrato, a briga foi motivada a partir de um rumor de que a emissora, que se diz detentora da marca Tiazinha, criaria este ano um concurso para a escolha da nova heroína, com o mesmo nome. Do outro lado do ringue, Suzana Alves e seu empresário, Eriberto Monteiro, afirmam ter direitos sobre o uso da marca Tiazinha. Segundo Monteiro, o pedido de registro da marca, no Instituto Nacional de Propriedade Industrial, foi feito antes do apresentado pela Band. "Entramos com o pedido em julho de 98 e a Bandeirantes, em março de 99", afirmou Monteiro. A assessoria de imprensa da emissora confirmou que existe a idéia do concurso, ainda sem data marcada, e que a Bandeirantes mantém a postura de dona da marca Tiazinha. Mesmo em clima de férias, o empresário conta que a modelo está estudando calmamente propostas de quatro emissoras: Record, SBT, Rede TV! e Gazeta. Provavelmente, afirma ele, deve optar por Record ou SBT. "Vamos escolher o que for melhor para ela." A briga deve continuar, já que Suzana não tem pressa de assinar com as emissoras e pretende passar o próximo mês entre Rio e Angra dos Reis (RJ), assistindo aos shows do Rock in Rio. Enquanto decide se a moça continua a empunhar o chicote e a depilar ansiosos rapazes, Tiazinha acalenta com carinho a gravação de seu segundo álbum. "Só vamos entrar na Justiça se eles levarem à frente a idéia do concurso da Tiazinha", afirmou Monteiro sobre a possibilidade de a pendenga a respeito da personagem-marca migrar para os tribunais. Cavaleiros mascarados - Suzana entra em estúdio no dia 20 de janeiro, tendo como companheiros na empreitada o namorado, Eriberto Leão, e sua banda Os Estranhos. Para a gravação, eles criaram um novo nome para o grupo: Tiazinha e os Cavaleiros Mascarados. O disco será produzido por Edu K. No repertório, algumas regravações, como Plunct Plact Zum, de Raul Seixas, e canções compostas em parceria por Suzana e Eriberto. Para quem ficou na geladeira da emissora entre junho e dezembro - após o cancelamento de sua novela diária As Novas Aventuras de Tiazinha, em junho do ano passado - , parece um recomeço promissor. Além das propostas televisivas, Tiazinha está lançando uma linha de cosméticos com seu nome, com produção de Adelina Silveira de Alcântara Machado, que cuidou da fabricação de suas bijuterias. Seu site (www.uhtiazinha.com.br) também continua no ar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.