Tiara mais cara do mundo é vendida por US$12,76 milhões

Uma tiara com esmeraldas, que acreditam ter pertencido a Eugenie, esposa de Napoleão III, foi vendida pelo valor recorde de 11,28 milhões de francos suíços (12,76 milhões de dólares) para um comprador anônimo nesta terça-feira na casa Sotheby's.

REUTERS

17 de maio de 2011 | 20h34

A tiara de diamantes e esmeraldas, a qual o príncipe alemão Guido Henckel von Donnersmarck encomendou para a sua segunda esposa, Katharina, estava avaliada entre 5 a 10 milhões de dólares.

Foi a principal venda do lote que gerou 78,9 milhões de francos suíços, o terceiro maior em vendas de jóias, disse a casa de leilões.

"Não é preciso dizer que é o preço recorde no mundo em um leilão de uma tiara", disse David Bennett, chairman do departamento de jóias da Sotheby's Europa e Oriente Médio, enquanto ele batia o martelo e ouvia os aplausos de quem acompanhava o leilão.

Tudo o que sabemos sobre:
GERALTIARACARA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.