Patrick T. Fallon/The New York Times
Patrick T. Fallon/The New York Times

'Temos de estar orgulhosos do Oscar', diz presidente da Academia

Após gafe da premiação de domingo, Cheryl Boone enviou e-mail agradecendo a 'graça e humildade' de afetados pela confusão

O Estado de S.Paulo

03 Março 2017 | 04h27

LOS ANGELES - A presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, Cheryl Boone Isaacs, enviou um e-mail para os membros da associação nesta quinta-feira, 2, dizendo que eles têm de estar "orgulhosos" da cerimônia do Oscar deste ano.

No texto, ela confirmou ainda que serão feitas mudanças para evitar a repetição da gafe histórica de domingo, 26, quando houve confusão no anúncio de Moonlight como melhor filme do ano.

Um porta-voz da Academia confirmou o conteúdo do e-mail à Associated Press nesta quinta.

No texto, Cheryl Boone descreve uma série de pontos pelos quais os membros da Academia têm de estar orgulhosos. Entres eles, a apresentação "impecável" de Jimmy Kimmel e o "número de abertura contagiante" de Justin Timberlake.

Ela disse ainda que a Academia tem de se orgulhar da "graça e humildade" de cada um dos afetados pela gafe histórica. / AP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.