Televisa tenta vender Chaves para a Record

O contrato do SBT com a Televisa, detentora dos direitos dos seriados mexicanos Chaves e Chapolin, termina em junho. A emissora de Silvio Santos ainda não sabe se vai renová-lo, por causa do alto custo dos direitos de exibição dos programas, o que pode interromper uma parceria que já chega a 21 anos.A emissora de Silvio Santos, no entanto, afirma que está renegociando o contrato para continuar exibindo o programa, que é veiculado de segunda a sexta, às 17h45 e aos sábados, às 18h25.Na semana passada, um executivo da emissora mexicana Televisa esteve na Record para tentar negociar com a emissora a exibição de Chaves, Chapolin e algumas novelas mexicanas. Segundo executivos da Record, é pouco provável que a emissora do bispo Edir Macedo adquira os direitos de exibição da série, por se tratar de ´um produto realizado há muito tempo e fora dos padrões de estética plástica da emissora´.Uma das maiores audiências do SBT, com uma média de 11 pontos, Chaves chegou ao Brasil em 1984. A série era exibida dentro do programa do palhaço Bozo. Inicialmente, apenas 13 episódios foram comprados, mas, com o sucesso do seriado, o SBT adquiriu mais lotes em 1986, 1988 e 1991. Hoje, a emissora paulistana detém o direito de exibição de 250 episódios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.