Telas que já foram bilhetes de loteria

A exposição Trabalho, Festa e Tradição - Nos Mestres da Arte Brasileira do Acervo da Caixa, aberta a partir desta sexta-feira, revela um o acervo encabeçado por Di Cavalcanti, Francisco Rebolo, Djanira, Clóvis Graciano, Abelardo Zaluar, Aluísio Carvão, Antonio Poteiro e Gastão Manoel Henrique. Reunir e levar estas 30 obras às principais cidades do Brasil foi uma maneira encontra pela instituição para comemorar seus 140 anos. Além da mostra, a CEF organiza shows, desfile de moda e outras exposições.Na década de 60, o grupo recebia encomendas da Caixa Econômica Federal para ilustrar os bilhetes de loterias das datas comemorativas. Apenas Paisagem de autoria de Tarsila do Amaral, realizada em 1956, não foi criada com este propósito. Segundo o gerente de Marketing da Caixa, Raimundo Nonato de Souza, a obra foi adquirida depois e impressa nos bilhetes em seguida. Com curadoria de Evandro Salles desde 1999, o acervo conta com São João(1969) , Independência(1969) de Emiliano Di Cavalcanti, Inconfidência (1984) de Antonio Porteiro, Natividade (1968) de Djanira, Samba Enredo (1975) de Glauco Rodrigues entre outros. Criada em 2000, a exposição que já percorreu o Sul do País fica em São Paulo até o dia 16 de março, quando segue para o Norte e Nordeste. No fim do ano, ela volta para Brasília, junto das outras mil peças que compõem o acervo da Caixa. "Na verdade é uma oportunidade para a população que não tem acesso à arte. Pois a exposição conta com obras bem representativas", afirmou uma das coordenadoras da mostra, Marise Rangel. Programação - Dentro das comemorações, a Caixa Econômica apresenta nesta sexta-feira, às 19 horas, na Avenida Paulista, shows musicais com Rosa Passos & Banda e participação especial da cantora Gigi Trujillo. Durante a abertura da coletiva da Praça da Sé, às 11 horas, haverá apresentação do grupo musical de violinos e teclados Uno Scherzo.A partir das 20 horas, a instituição realiza mais quatro eventos: a exposição e desfile de trajes da Moda 500 Anos; a mostra de fotografias Olhares da Caixa, do fotógrafo Emidio Luisi; as pinturas de Paulo Acencio, na exposição Ecce Brasilis e show do cantor pernambucano Alceu Valença. No dia 15 haverá uma individual com o artista plástico Ennio Bernando, na mostra O Caminho das Pedras, no Vão Livre da Caixa. Exposição: Trabalho, Festa e Tradição - Nos Mestres da Arte Brasileira do Acervo da Caixa. Abertura amanhã às 11 horas. De segunda a sexta, das 10 às 16 horas. Entrada franca. Conjunto Cultural da Caixa. Praça da Sé, 111, 4.º andar - Sala Betteto - fone 3107-0498. Até 16/3.ShowsRosa Passos & Banda e participação especial da cantora Gigi Trujillo será no Vão Livre da Caixa, Avenida Paulista,1842.Alceu Valença - Teatro da Caixa, dia 12, a partir das 22 horas. Os ingressos serão vendidos a R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (estudantes, empregados da Caixa e maiores de 65 anos). Informações pelo tel.: 414-9452.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.