Tela de Monet bate recorde do artista em leilão em Londres

'Le Bassin Aux Nymphéas' (1919), da série 'Nenúfares', foi vendida por um preço aproximado de R$ 128,7 milhões

Efe,

24 de junho de 2008 | 17h03

Uma tela da famosa série Nenúfares de Claude Monet bateu nesta terça-feira, 24, o recorde do pintor impressionista ao ser vendida por 40,9 milhões de libras (51,6 milhões de euros ou cerca de R$ 128,7 milhões) em um leilão na casa Christie's de Londres.   Foto: Efe   Le Bassin Aux Nymphéas, de 1 x 2 metros, foi pintado por Monet (1840-1926) em 1919, no final de sua carreira, em Giverny, e é, segundo a Christie's, o trabalho mais significativo dedicado a essas flores a ser leiloado na Europa.   A obra, cujo preço estimado variava entre 18 milhões e 24 milhões de libras (US$ 36 milhões e US$ 47 milhões), bateu a marca anterior do artista estabelecida em maio passado com Pont sur le Chemin de fer d'Argenteuil, que foi vendida em Nova York por US$ 37 milhões.   Ao longo de sua vida, Monet retratou em várias obras seus adorados nenúfares, embora em quadros de menor tamanho, antes de embarcar em 1914 em uma série sobre esse tema em telas de maiores dimensões.   Essas pinturas abririam espaço para os Grandes Decorations, celebrados painéis decorativos que agora estão expostos no Museu de Orangerie, em Paris, e os quais Monet ofereceu à França após o armistício da Primeira Guerra Mundial, em 1918, quando ainda não tinha terminado as telas.   A obra vendida nesta terça é uma das quatro que o artista assinou e datou de 1919.   Das outras três que compõem a série, uma está no Museu Metropolitano de Arte de Nova York, outra foi vendida em 1992 e a terceira foi tristemente partida em dois.   A obra de Monet é a jóia de um leilão de arte impressionista e moderno em que também serão oferecidos ao maior lance obras de Paul Cézanne (1839-1906), Edgar Degas (1834-1917) e Pablo Picasso (1881-1973).

Tudo o que sabemos sobre:
Claude MonetLondresleilão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.