Tela de Klimt atinge preço recorde de US$ 135 milhões

O retrato de Adele Bloch-Bauer, do austríaco Gustave Klimt, se transformou no quadro mais bem vendido na história da arte, ao atingir o valor de US$ 135 milhões, informou hoje o jornal The New York Times. O novo proprietário da pintura é o magnata americano dasindústrias cosméticas Ronald S. Lauder. O quadro ficará exposto emuma galeria especializada em arte austríaca, em Nova York. O retrato de Adele Bloch-Bauer foi cedido em janeiro a umasobrinha da protagonista da obra, depois de uma intensa batalhajudicial com o Governo de Viena, ex-proprietário da pinturaMilionária. Antes da venda da pintura de Klimt, o recorde de vendapertencia à obra Rapaz com Cachimbo, do espanhol Pablo Picasso, quefoi vendido por US$ 104 milhões em um leilão realizado em 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.