Teerã, regada a blues, jazz e muito rock

No documentário Persépolis, Marjane Satrapi já havia mostrado festas clandestinas regadas a rock e bebidas. Já Ninguém Sabe Nada dos Gatos Persas, de Bahman Ghobadi, premiado em Cannes em 2009, mostra a cena iraniana como você nunca viu. Teerã pode ser uma cidade bela e misteriosa e, à noite, em lugares ermos, currais, prédios abandonados ou em construção, a garotada faz a festa das músicas proibida pelos aiatolás. Como fio condutor, a história de um casal de músicos que quer fugir para a França. A revelação do filme é Rana Farhan, que canta divinamente blues e jazz.

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

10 de setembro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.