Teatro volta a dar sinal de vida em SP

Depois de duas semanas fora do ar, em recesso forçado pelas festas de fim de ano, o teatro volta a dar sinais de vida. A temporada 2001 recomeça na quinta-feira com o regresso ao cartaz do megassucesso Caixa 2, de Juca de Oliveira, que vai para o Teatro Cultura Artística.A montagem traz novidade no elenco. Mauro Mendonça substitui Fúlvio Stefanini no papel de um gerente de banco injustamente demitido.Dirigida por Bibi Ferreira, a produção, em cartaz há três anos, tem no cast Juca de Oliveira, como um banqueiro corrupto e Suzy Rego, como sua amante, além de Cláudia Mello e André Garolli, como a mulher e o filho do bancário demitido.A montagem entrou em cena em outubro de 1997, na Sala Rubens Sverner do Cultura Artística, com capacidade para cerca de 300 espectadores. Agora vai se apresentar na Sala Esther Mesquita do mesmo teatro, onde cabem cerca de 1200 pessoas.Não é só Caixa 2 que assinala o reinício da temporada. Também entra em cena quinta-feira Alice Através do Espelho, que fará carreira no Tusp. O espetáculo processional é da Armazém Cia. de Teatro. A irresistível montagem, dirigida por Paulo de Moraes, lotou a Fundição Progresso por 18 meses, no Rio.Dramas e comédias - O drama Savannah Bay, de Marguerite Duras, com Helena Ignez e Djin Sganzerla, dirigidas por Rogério Sganzerla, ocupa a partir de sexta-feira a Sala Jardel Filho do Centro Cultural.Visitando o Sr. Green, grande sucesso da temporada de 2000, com texto de Jeff Baron e interpretações de Paulo Autran e Cássio Scapin, retorna ao Teatro Augusta no sábado.Sexta será dia de comédias. Camas Redondas, Casais Quadrados, peça inglesa dirigida por José Renato, com Flávio Galvão e Cléo Ventura, muda de teatro e vai para o Maria Della Costa. As Sereias da Zona Sul, de Miguel Falabella, com Rosi Campos e Cláudia Borioni, pode ser vista no Teatro Ruth Escobar. Trair e Coçar é só Começar, de Marcos Caruso, retoma a carreira recordista no Teatro Bibi Ferreira, com Carla Fiorini no papel que projetou Denise Fraga.Segue a temporada de Jardim das Cerejeiras, de Chekhov, com Tônia Carreto, Renato Borghi e Beth Goulart no Teatro Sesc Vila Mariana. E no Centro Cultural São Paulo é retomada a retrospectiva da diretora Cristiane Paoli Quito com O Rei de Copas, que leva para o palco a Trupe de Atmosfera Nômade.Teatro Cultura Artística - tel.: 258-3116.Tusp - tel.: 255-5538.Teatro Maria Della Costa - tel.: 256-9115.Teatro Ruth Escobar - tel.: 289-2358.Teatro Bibi Ferreira - tel.: 3105-3129. Teatro Augusta - tel.: 3151-2464. Centro Cultural S. Paulo - tel.: 3277-3611.

Agencia Estado,

02 de janeiro de 2001 | 16h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.