Teatro de animação tem festival em São Paulo

Sem dúvida, o chamado Teatro deAnimação vem crescendo não só em quantidade de companhiasvoltadas para essa linguagem, mas também em qualidade. No Brasil, há grupos formados por artistas experientes, cientes daespecificidade dessa linguagem e, portanto, preocupados emdesenvolver e harmonizar dramaturgia e técnicas de manipulação.Espetáculos infantis de animação criados por algumas dasmelhores companhias brasileiras podem ser vistos no Festival deTeatro de Bonecos no teatro do shopping Pátio Higienópolis, emSão Paulo. São duas peças por dia, às 15 horas e às 17h30,sempre com entrada grátis, até o fim da próxima semana e osingressos podem ser retirados na bilheteria do teatro com 1 horade antecedência.Na programação há desde espetáculos com vários prêmios,como O Senhor dos Sonhos, da Companhia Truks, até estréias,como Lolo Barbabé, da Cia. Teatro de Papel. O compositorVilla-Lobos e o pintor Portinari são os personagens dos bonitosespetáculo da Cia. Articularte. Há ainda a participação especialde uma companhia catalã chamada Turruquena, a única atraçãointernacional da mostra."Qualidade foi o pré-requisito na seleção dosespetáculos", diz Isser Korik, diretor artístico do teatro ecurador do festival, que conta com o patrocínio da AmericanExpress. Depois da qualidade, foram levados em conta critérioscomo diversidade de linguagem, de técnicas de manipulação e detemáticas. Diretor e autor de peças infantis, Isser leva a sérioo público infanto-juvenil. "Se uma criança vê um espetáculomágico, lúdico, divertido e bem acabado, além de viver umaimportante experiência, vai achar que ir ao teatro vale apena." Com a gratuidade dos espetáculos, Isser espera ampliar opúblico tradicional do shopping. "Daí a distribuição deingressos com 1 hora de antecedência na bilheteria, para darchance às pessoas que moram longe. Se houvesse venda antecipada,os usuários do shopping acabariam comprando praticamente toda alotação."Como não poderia deixar de ser, a programação foi abertacom um espetáculo do Teatro Ventoforte, companhia fundada edirigida por Ilo Krugli, reconhecido como um mestre, uma espéciede pai artístico dos bons grupos de teatro de bonecos do País. ACia. Truks comparece com três montagens: Cidade Azul, OSenhor dos Sonhos e Vovô. Fundada em 1990, dirigida porHenrique Sitchin, a Cia. Truks vem colecionando prêmios por seusespetáculos infantis.Contar histórias e criar personagens a partir dos maisinusitados objetos, como uma garrafa, uma vassourinha de lixo outampinhas de embalagens de mostarda. É o que acontece no palcoHistórias com Desperdícios, cujo personagem central é umcatador de lixo. É com a sucata que ele resolve "ilustrar" anarrativa da história de sua vida. Assim, em linguagem lúdica, oGrupo Teatro de la Plaza fala sobre o desperdício, não só damatéria, mas também de valores, como afeto e solidariedade. OGrupo apresenta ainda na mostra o divertido Revolução naCozinha.A companhia catalã Turruquena encerra o festival no dia31 com o espetáculo Turruquena. Segundo Isser, mais quesimplesmente trazer uma atração internacional, a escolha dessacompanhia se deve à temática do espetáculo, a arte flamenca, oque possibilita ao público entrar em contato com umamanifestação importante da cultura hispânica. Mas certamente agrande descoberta está no parentesco cultural entre o repentistanordestino e o "coplero", um cantador que improvisa versos,personagem central do espetáculo catalão, que utiliza a técnicade marionetes para contar a história de um cigano que vive naAndaluzia.Festival de Teatro de Bonecos. Amanhã, às 15hVôvo; e às 17h30, O Senhor dos Sonhos, ambas da Cia. Truks.Dia 29 às 15 horas, Revolução na Cozinha; e às 17h30,Histórias com Desperdício, ambas do grupo El Teatro de LaPlaza. Dia 30, às 15 horas, Poemas para Brincar, As Graças; eàs 17h30, Lolo Barnabé, Cia. Teatro de Papel e SaltiniProduções. Dia 31, às 15 horas, Turruquena, com AndreuCarandell e a Compañia Turruquena; e às 17h30, Os Fantasmas daÓpera, Cia. Ópera na Mala. Recomendada para crianças a partirde 2 anos. Duração 50 minutos. De quarta a sexta, às 15 horas eàs 17h30. Entrada franca. Os ingressos devem ser retirados com 1hora de antecedência. Teatro Folha. Avenida Higienópolis, 618,Piso 2 do Shopping Pátio Higienópolis, em são Paulo, tel. (11)3823-2323. Até 31/1.

Agencia Estado,

23 de janeiro de 2003 | 16h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.