Teatro Bolshoi será reaberto em outubro, diz companhia

Local fechou em 2005 para uma reforma que segundo as autoridades custou US$ 660 milhões

Agência Estado

25 Abril 2011 | 14h57

Teatro terá o mesmo desenho original de 1825.

 

MOSCOU - O famoso Teatro Bolshoi, da Rússia, está perto de reabrir suas portas, após anos de remodelações, acusações de fraude e mau uso de fundos. A companhia construtora Summa Capital informou nesta segunda-feira, 25, que o teatro voltará a funcionar em outubro, mantendo seu desenho original de 1825, com o emblema da era czarista e cenários subterrâneos adicionais.

 

O edifício sofreu danos durante um incêndio e bombardeios realizados pelos nazistas. Os comunistas usaram o local para organizar festas e ampliaram o salão, alterando a acústica. Em 2005, o teatro fechou suas portas para uma reconstrução, que segundo as autoridades custou US$ 660 milhões.

 

Investigadores afirmaram, em 2009, que uma empresa subcontratada havia desperdiçado milhões de dólares. Nesse período de reformas, o famoso balé Bolshoi e a ópera do local continuaram a se apresentar em um teatro próximo. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.