Teatro a céu aberto reúne 300 personagens em SP

Sob direção de Marcelo Lazzaratto, a peça "A Hora em que não Sabíamos Nada uns dos Outros", do austríaco Peter Handke, revela diferentes tipos que passam por uma praça. Montado a céu aberto, em plena Praça da Luz, no centro de São Paulo, o espetáculo, que estreia hoje, tem outro interessante diferencial: cada um dos 16 atores interpreta a impressionante média de 19 papéis. Ao todo, são 300 personagens. Alguns apenas passam diante da plateia.

AE, Agência Estado

09 de abril de 2010 | 09h06

"É um grande panorama da história humana. Em cena, se encontram personagens de épocas distintas, como Moisés, com as tábuas dos Dez Mandamentos e uma secretária, levando café para o chefe", diz Lazzaratto. A produção faz uma mescla de gêneros cômicos, líricos e dramáticos. "É uma peça leve e divertida", destaca o diretor.

Para tornar possível a caracterização de 16 atores em 300 personagens ao todo, a peça tem ritmo frenético. Graças a isso, a coxia - onde os atores se trocam - é uma atração à parte. Algumas mudanças de figurino são feitas em 30 segundos. Nos casos mais complicados, as camareiras ajudam o elenco.

Os recordistas no número de papéis são a dupla Carolina Fabri, 31 anos, e Pedro Haddad, 30. Ela interpreta 26 personagens e ele, 27. Como eles conseguem? "Memorizar a ordem dos personagens em cena é como decorar um texto. Você usa toda a sua experiência de marcação", diz Carolina, que interpreta, entre outros, uma bailarina, uma empregada doméstica e até um guarda. Pedro tem outra técnica para não se perder no meio de tantos personagens. Para ele, as marcações e as trocas de roupas são feitas como numa coreografia. "Às vezes, me guio pela música, em outras, por quem está trocando de roupa ao mesmo tempo que eu. Se você não encontra a pessoa certa, significa que alguma coisa saiu errado", conta o ator.

Depois de apreciar os 300 personagens, o público é convidado a passear pelo palco. "Nossa ideia é oferecer o espetáculo para quem não está acostumado a ir ao teatro", diz o diretor. Quem ganha com isso é o público. As informações são do Jornal da Tarde.

A Hora em Que Não Sabíamos Nada Uns dos Outros - Parque da Luz. Praça da Luz s/n. Tel. (011) 3477-7732. Hoje, às 16h. Qui. e sex., 16h. Sáb. e dom., 16h e 19h30. Até 18/4. Grátis. 16 anos.

Mais conteúdo sobre:
teatroPraça da Luz

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.