Tati Quebra-Barraco é detida por uso de maconha

A funkeira Tatiana dos Santos Lourenço, de 27 anos, a Tati Quebra-Barraco, foi detida na tarde desta quinta-feira, 24, na Cidade de Deus, em Jacarepaguá, zona oeste do Rio de Janeiro. Os policiais do 18.º Batalhão da PM teriam flagrado a artista fumando um cigarro de maconha. Junto com ela estavam duas outras mulheres e um homem. Todos foram levados para a 32.ª Delegacia Policial (Taquara).De acordo com a versão apresentada pelos policiais, Tati foi vista fumando e, ao perceber que os PMs a abordariam, teria tentado jogar fora o cigarro de maconha. Ainda segundo os policiais, ela teria admitido ser usuária e concordado em ir para a delegacia, o que fez em seu próprio carro, acompanhada por PMs.Ao chegar à delegacia, no entanto, Tati apresentou uma versão diferente. Negou que use drogas e também que o cigarro encontrado perto dela e dos amigos pertencesse a eles. O cigarro foi apreendido e será periciado. Depois de prestar depoimento, Tati foi liberada. Ela assinou um termo no qual se compromete a comparecer a uma audiência em 24 de outubro no Juizado Especial Criminal de Jacarepaguá.Tati Quebra-Barraco é uma das artistas convidadas pela Central Única de Favelas (Cufa) para participar de um evento, em 2 de setembro, na Cidade de Deus, que contaria com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No entanto, a funkeira ainda não teria respondido ao convite.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.