Swatch encerra parceria alvo de processo com Tiffany

A Swatch encerrou uma parceria que mantinha com a rede norte-americana de joalherias Tiffany, a quem acusa de diminuir esforços de promoção de relógios vendidos sob a joint-venture das companhias.

REUTERS

12 de setembro de 2011 | 14h48

A presidente do conselho da Swatch, Nayla Hayek, havia dito à Reuters em março que a Tiffany Watch, criada em 2007 para produzir relógios na Suíça com a marca da Tiffany, não tinha o sucesso esperado porque a joalheria não dava aos relógios destaque suficiente nas lojas.

A Swatch, maior fabricante mundial de relógios e grande fornecedora de componentes, afirmou nesta segunda-feira que entrará com processo por futuras perdas de vendas, acusando a Tiffany de "esforços sistemáticos para atrasar o desenvolvimento do negócio".

A Tiffany afirmou em comunicado que a Swatch não honrou os termos do contrato e que não queria trabalhar em conjunto.

(Por Silke Koltrowitz e Phil Wahba)

Tudo o que sabemos sobre:
MODACONSUMOSWATCHTIFFANY*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.