Suzana Alves e Sabrina Sato estréiam no teatro

Suzana Alves ainda não se livrou da sombra de Tiazinha, seu personagem mais famoso. Mas ela não se importa. Para subir ao palco do Teatro Augusta, com a peça Marido Bandeira 2, a moça conta que buscou inspiração em sua musa mascarada. É a primeira peça adulta de Suzana, que confessa ter ficado nervosa no começo. "Depois fui relaxando."Em entrevista ao JT, ela diz que tem mais planos para a TV e o cinema. "Eu queria muito fazer novela. Mas acho que deve ser bem difícil. De qualquer forma, seria um bom jeito de treinar agilidade. Ter experiência em vários setores é bom para todo artista. Eu, por exemplo, canto e ainda faço aulas de guitarra. Também me formei em balé clássico, no Theatro Municipal." E ainda falta ganhar a telona: "Passei o ano passado estudando cinema. É meu sonho maior."Quem também estréia no palco é Sabrina Sato, que também teve seu momento na TV, com Big Brother Brasil, e agora tenta se firmar como artista. Curso, de verdade, ela nunca fez. Mas promete se empenhar para atuar em 2/4 de Motel, peça que entra em cartaz em abril, com texto de Ricardo Leite e direção de Flávio Colatrello Jr. "Não é um texto cult nem muito aprofundado. É para divertir, para fazer rir", diz Sabrina. A ex-big brother interpreta uma cantora de hits populares, mas avisa que nunca soltou a voz em público. "Ih, eu não sei cantar. Sei lá como vai ser. Acho que terei de fazer algumas aulas de canto", especula.Em 2004, além de fazer teatro, Sabrina pretende retomar a faculdade de Jornalismo, abandonada em 2003. "Eu sei que não me comunico muito bem com as palavras e às vezes até falo errado. Acho que a faculdade vai me fazer melhorar." Enquanto as aulas não começam, Sabrina ensaia na quadra da Gaviões da Fiel, escola que ela escolheu para desfilar no Carnaval. Com tantos compromissos, a moça teve de adiar as campanhas publicitárias e os comerciais de TV que lotaram sua agenda em 2003. "No ano passado as pessoas me conheceram. Agora, chegou a hora de todos me reconhecerem".

Agencia Estado,

28 de janeiro de 2004 | 14h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.