Susto na platéia da "Ópera do Malandro"

Uma tentativa de assalto da bilheteria do Tom Brasil Nações Unidas assustou parte do público que assistia ao musical Ópera do Malandro, na noite de domingo. Quase no final da peça, seguranças da casa passaram correndo pelo corredor de entrada e ouviu-se um grito de ?tiro?. Os espectadores mais próximos da porta se jogaram no chão, derrubando mesas, pratos e talheres. O espetáculo não foi interrompido.Um policial que estava na porta da casa, no final da apresentação, disse que foi chamado porque tentaram assaltar a bilheteria. A assessoria do Tom Brasil não confirmou o incidente.O musical, que está em cartaz em São Paulo há três semanas, foi prorrogado por mais quatro dias (de 12 a 15 de agosto). Vinte mil pessoas já assistiram ao espetáculo na capital paulista. No Rio de Janeiro, a Ópera do Malandro foi exibida por quase um ano e teve público de 140 mil pessoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.