Suspeita esfria leilão de desenhos atribuídos a Tarsila

A dúvida quanto à autenticidade de desenhos atribuídos a Tarsila do Amaral que constam de uma caderneta que foi a leilão na quarta-feira afugentou os compradores. Três pessoas já haviam se interessado pelo livreto, mas desistiram diante da polêmica. A peça pertenceu ao poeta suíço Blaise Cendrars e conteria, segundo a antiquária responsável pela venda, um esboço do Abaporu, o mais célebre quadro da pintora. A autoria foi contestada pela historiadora Aracy Amaral, especialista em Tarsila. Ela viu os desenhos na edição do Estado do dia 5. Mesmo assim, o antiquário Sebo Fino, que realizou o pregão, decidiu manter a caderneta entre os itens dispostos. A dona do Sebo Fino, Ana Maria Miranda, alertou aos candidatos a compradores, antes do início do leilão, que pairava a dúvida. Os desenhos foram oferecidos não como sendo de Tarsila e sim como tendo autoria atribuída a ela. "Não posso vender gato por lebre", disse Ana Maria.Ela avisou aos participantes que Aracy havia afirmado que se tratava de uma falsificação grosseira. Informou também que havia consultado um especialista, o qual lhe explicara que era visível em todos os desenhos o traço a lápis "suave, fino e delicado" de Tarsila, que foi coberto com "pena aberta" e colorido posteriormente. Para Ana Maria, resta saber quem cobriu: "Terá sido Tarsila? Blaise? Ou a pessoa que ficou com a caderneta?", disse. Agora, a dona do antiquário pretende consultar outros conhecedores da obra de Tarsila para se certificar se ela é ou não autora dos desenhos. São casas, árvores e pessoas que teriam sido retratadas por ela durante viagem que fez com Blaise Cendrars e colegas modernistas ao interior de Minas Gerais, em 1924. Numa das páginas, vê-se uma mulher que se assemelha à retratada no Abaporu. Se for constatada a autoria, Ana Maria vai tentar vender a caderneta novamente. A peça era a mais valiosa do leilão e tinha lance inicial de R$ 12 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.