"Survivor" na Amazônia vai ter guerra dos sexos

O novo Survivor, rodado na Amazônia, vai ter uma disputa inicial entre homens e mulheres, segundo anúncio feito ontem pela emissora CBS. A guerra dos sexos na selva, que pode render um prêmio de US$ 1 milhão, vai ser entre as "tribos" Tambaqui, dos homens, e a Jabaru, das mulheres. Entre eles, há um treinador de triatlon, um contador e um cientista de foguetes. Entre elas, há uma modelo, uma promotora pública e uma professora de crianças surdas, que também é surda. No total, há 16 participantes. Survivor: The Amazon estréia em 13 de fevereiro. As edições prévias do programas foram rodadas na Malásia, na Austrália, no Quênia, no Taiti e na Tailândia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.