Suíça recupera pinturas roubadas

Três valiosas pinturas roubadas em 1997 de uma galeria suíça foram encontradas na capital sérvia, Belgrado, segundo informou ontem a polícia de Zurique. Quatro obras da galeria Koller desapareceram em 1º de junho daquele ano: Bouc Musicien, de Marc Chagall, Natureza Morta, de Alexej von Jawlensky, Nature Morte aux Tomates, de Pierre Auguste Renoir, e Bouquet de Fleurs Anémons, de Louis Valtat.Ainda não há qualquer pista da obra de Chagall, mas as outras recuperadas já se encontram na galeria suíça há uma semana. Antes de retornarem ao local de origem, as peças foram alvo de intensas negociaçõe entre as autoridades de Belgrado e os investigadores de Zurique. Ainda não está claro como os quadros chegaram à Sérvia, mas há rumores de que foram por meio da família de Milosevic, à qual perteciam. A informação não foi confirmada pelas autoridades em Belgrado.

Agencia Estado,

04 de julho de 2002 | 12h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.