Suíça nega pedido de extradição de Polanski aos EUA

A Suíça decidiu não extraditar o diretor vencedor de Oscar Roman Polanski aos Estados Unidos, onde é acusado de crime sexual contra uma menina de 13 anos em 1977.

REUTERS

12 de julho de 2010 | 09h29

"O motivo da decisão está no fato de que não foi possível excluir com a certeza necessária um erro no pedido de extradição dos EUA", disse o Ministério da Justiça da Suíça em comunicado nesta segunda-feira.

(Reportagem de Jason Rhodes)

Mais conteúdo sobre:
GENTEPOLANSKIEXTRADICAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.