Suge Knight e Katt Williams são presos nos EUA acusados de roubarem câmera de paparazzi

O magnata do hip-hop Marion "Suge" Knight e o comediante Katt Williams foram presos na quarta-feira sob suspeita de roubarem a câmera de uma fotógrafa de celebridades em Beverly Hills, no mês passado, disse um promotor de Los Angeles.

REUTERS

30 de outubro de 2014 | 10h45

Knight, de 49 anos, e Williams, de 43, foram acusados de roubo, segundo o promotor. 

Eles são acusados de roubarem a câmera de uma fotógrafa de celebridades em 5 de setembro, do lado de fora de um estúdio de Beverly Hills. 

Promotores disseram que vão buscar uma fiança de 1 milhão de dólares para Knight, que tem uma condenação anterior por agressão com arma letal, e de 75 mil dólares para Williams, cujo nome verdadeiro é Micah. 

Williams foi preso em uma corte em Inglewood, Califórnia, após ter se apresentado para enfrentar uma denúncia sobre um outro caso de agressão, segundo o promotor.

Knight, mais conhecido como o cérebro por trás da gravadora Death Row Records, um selo musical famoso nos anos 1990 com artistas como Dr. Dre, Tupac Shakur e Snoop Dogg, foi preso em Las Vegas. 

Se condenado, Knight pode enfrentar até 30 anos de prisão por causa da condenação anterior. 

O agente de Williams não estava imediatamente disponível para comentários. A reportagem não conseguiu contato com Knight. 

(Por Eric Kelsey)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTERAPPERPRESOEUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.