Sucessão e simultaneidade

Júpiter e Saturno em oposição; a Lua cresce transitando por Libra

Quiroga, O Estado de S.Paulo

13 de agosto de 2010 | 00h00

Para as almas humanas afastadas da unidade que coloca o Universo inteiro em comunhão, a existência é uma infinita sucessão de conjunções, disjunções, digressões, congressos e transgressões, raras vezes encontrando um fio condutor que una os acontecimentos. A limitação do entendimento provoca esta ilusória aparência de rotação e de eterno retorno que parece tão natural, porque o limitado entendimento provoca a necessidade de umas coisas se sucederem às outras. Nos raros instantes de epifania, as almas experimentam o Universo em constante simultaneidade, tudo acontecendo ao mesmo tempo sem umas coisas atrapalharem as outras. Jorge Luis Borges descreveu isso no conto O Aleph e Santa Rosa de Lima experimentava-o todos os dias.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Exorcize todo e qualquer vestígio de preguiça do seu dia a dia, porque no momento você precisa arregaçar as mangas e pôr as mãos na massa. As coisas andam instáveis demais para você deixar de vigiá-las devidamente.

TOURO 21-4 a 20-5

O sacrifício é essencial, você não encontrará oportunidades favoráveis para satisfazer seus desejos e caprichos, mas condições básicas para sacrificá-los em nome daquilo que pessoas próximas precisem de você.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Conhecer gente nova, esta é a situação propícia para você nos dias de hoje. Porém, você não conseguirá satisfazer este interessante destino transitando pelos mesmos lugares de sempre. Atreva-se a inovar um pouco.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Nem lucro, nem dever, nem prazer, a alma quer independência e liberdade e tais condições nunca serão encontradas na roda infinita de sensações. Só quando você enxergar além do processo mundial encontrará a liberdade buscada.

LEÃO 22-7 a 22-8

Errado é errado, nunca será correto. Porém, quando há excesso de entusiasmo e vontade de ir além das limitações, a mente faz malabarismos e conjecturas até distorcer a realidade para fazer com que pareça correta.

VIRGEM 23-8 a 22-9

De tempos em tempos

é propício envolver-se em alguma aventura, de modo que a alma tenha a clara noção da liberdade de experimentar que caracteriza a vida neste nosso pequeno e assustado, porém belo planeta azul.

LIBRA 23-9 a 22-10

Nada se mantém estável no tempo atual, as situações, ânimos e relacionamentos oscilam continuamente. A tal de estabilidade dependerá de você fazer o supremo esforço de ajustar as coisas assim que se desequilibrarem.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Seu melhor amigo

deste momento, talvez o único, é o silêncio. Boas ideias ocorreram e precisam ser nutridas antes de sequer comunicá-las a outras pessoas. Por isso o silêncio, para nutrir e aprimorar.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

Nunca desista dos empreendimentos, porém, você sabe que a persistência não é seu forte. Por isso, limite a amplitude de sua visão para concentrar-se naquilo que estiver em andamento antes de dar início a outros assuntos.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

Quando o desejo de organizar se torna rígido demais, aí é que as coisas bagunçam mesmo. É que toda organização precisa ser adaptada às circunstâncias vigentes, as quais mudam o tempo inteiro, agora mais do que nunca.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

A dispersão está na ordem do dia e por isso não seria propício você se esforçar para contra-arrestá-la. Neste momento, seria mais sábio de sua parte deixar-se levar por essa corrente de pensamentos dispersos.

PEIXES 20-2 a 20-3

Promover verdadeiras transformações não depende de despender grande quantidade de recursos, mas de aplicar disciplina na vida cotidiana, de modo que de pouco em pouco você consiga atingir grandes resultados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.