Subirats participa do Café Filosófico

A Penúltima Visão do Paraíso: entre a utopia e o desastre debatedor será o tema do Café Filosófico que vai reunir o filósofo espanhol Eduardo Subirats, professor da New York Univesity e o professor de literatura hispano-americana da USP Jorge Schwartz, na Livraria Cultura do Shopping Villa-Lobos (Av. das Nações Unidas 4.777 - Marginal Pinheiros), na quinta-feira, a partir das 19 horas.Subirats vai falar da situação cultural da America Latina no contexto da globalização e da pós-modernidade. E vai analisar os limites da interpretação pós-modernista de nossa época frente a quatro aspectos centrais de nossa realidade latinoamericana. Primeiro, a extensão da violência global de Tijuana ao Chiapas, e do Amazonas às favelas das megalópolis. Segundo, a recuperação do projeto civilizatório das "vanguardas latino-americanas". Terceiro e quarto, a revisão da ilustração e da independência, e a reconstrução da lógica e da teologia da colonização da América portuguesa e espanhola. Além disso, Subirats vai autografar seu último livro publicado no Brasil, A Penultima Visão Do Paraiso - Ensaios sobre memória e globalização, publicado pela Studio Nobel. Ele é autor de A Cultura como Espetáculo (São Paulo, Nobel, 1989); A Flor e o Cristal (São Paulo, Nobel, 1988) e Da Vanguarda ao Pós-moderno (São Paulo, Nobel, 1984), entre outros. Foi professor de Filosofia, Literatura e Teoria da Cultura nas universidades de São Paulo, Caracas, Madri, México e Princeton

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.