Reprdoução/Youtube
Reprdoução/Youtube

Streaming: veja a programação do que assistir em casa

Estreia da Netflix com Idris Elba e homenagem dos canais aos grandes filmes do cinema estão entre os destaques

Mariane Morisawa, Especial para o Estado

02 de abril de 2021 | 05h00

Alma de Cowboy

Dir. Ricky Staub. Cole (Caleb McLaughlin, o Lucas de “Stranger Things”) dá trabalho para a mãe. Depois de mais uma expulsão da escola, desesperada, ela dirige de Detroit até a Filadélfia, para que o adolescente passe uma temporada com seu distante pai, Harp (Idris Elba). A surpresa é que Harp, um sujeito meio bruto, sem muita paciência, mora na cidade grande na companhia de um cavalo e faz parte de um grupo de cowboys urbanos. A história é daquelas de redenção: Cole é tentado a cair no crime na companhia do antigo amigo de infância Smush (Jharrell Jerome, de “Olhos que Condenam”), enquanto o pai tenta ensinar disciplina e responsabilidade à moda antiga, no trabalho duro com os cavalos. A trama não é exatamente original, mas o filme tem um elenco para lá de carismático e fala da tradição pouco conhecida dos cowboys negros, discutida em volta de uma fogueira, como num verdadeiro western. Na Netflix.

Malmkrog

Dir. Cristi Puiu. Vencedor do prêmio Encontros no Festival de Berlim do ano passado, o longa-metragem não é para todos: são três horas e meia de duração com discussões filosóficas entre cinco personagens numa mansão, no século 19. Mas o romeno é cineasta dos mais interessantes. Na MUBI.

Cinema Latino-Americano de Miguel Littín

O cineasta chileno ganha mostra online e gratuita. Ao todo, são 12 filmes, incluindo “Alsino e o Condor” (1982), que foi indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro, e “Ata Geral do Chile” (1986), que ele filmou clandestinamente, por estar oficialmente exilado. No SPCine Play.

Italianos

O Cinema #EmCasaComSesc apresenta gratuitamente três clássicos italianos, ótimos para o feriado: “Os Eternos Desconhecidos” (1958), de Mario Monicelli, “Nós que nos Amávamos Tanto” (1974), de Ettore Scola, e “Cinema Paradiso” (1989), de Giuseppe Tornatore. No Sesc Digital.

Respiro

Dir. Emanuele Crialese. A atriz Valeria Golino é Grazia, que escandaliza a pequena ilha de Lampedusa, onde mora com o marido e os três filhos, por causa de seu comportamento considerado fora da norma. O filme ganhou o Grande Prêmio na Semana da Crítica em Cannes em 2002. No Belas Artes à la Carte.

Crime sem Saída

Dir. Brian Kirk. Chadwick Boseman é produtor e ator deste filme cheio de ação e tiroteio sobre um detetive de Nova York que persegue dois suspeitos de matar policiais, interpretados por Stephan James e Taylor Kitsch. Seu plano envolve fechar todos os acessos a Manhattan. Na HBO.

Agnès Varda

Em homenagem aos 125 anos do cinema, o Telecine promove um pequeno festival dedicado à diretora francesa Agnès Varda. No domingo, o Telecine Cult exibe “Os Renegados” (1985), “Uma Canta, A Outra Não” (1977), “As Duas Faces da Felicidade” (1965), “Cléo das 5 às 7” (1962), “La Pointe Courte” (1955) – que ela dirigiu aos 25 anos de idade – e “Varda por Agnès” (2019). Os filmes também estão disponíveis na plataforma de streaming, a qualquer hora.

Ugo Giorgetti

A plataforma Vix disponibiliza, gratuitamente, vários longas-metragens brasileiros, incluindo uma boa parte da obra do cineasta Ugo Giorgetti. Estão lá “Jogo Duro”, “Festa”, “Sábado”, “Boleiros, Era uma Vez o Futebol”, “O Príncipe”, “Boleiros 2, Vencedores e Vencidos”, “Solo”, “Cara ou Coroa” e “Uma Noite em Sampa”.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.