Divulgação
Divulgação

Stradivarius roubado é leiloado por US$ 2,2 milhões

Instrumento, levado em 2010, foi recuperado este ano pela polícia britânica

EFE

18 de dezembro de 2013 | 18h56

Um violino Stradivarius roubado de uma artista coreana em um café de Londres em 2010, e recuperado no meio deste ano, foi vendido hoje em um leilão por US$ 2,2 milhões. O instrumento tem 317 anos.

A justiça inglesa condenou em 2011 John Maughan, de 32 anos, pelo roubo. Ele teria sido ajudado por dois cúmplices, de 15 e 16 anos. Só dois anos após as prisões, no entanto, o violino foi encontrado.

A violinista Min-Jin Kym, a quem pertencia o instrumento, decidiu vendê-lo e afirmou que a experiência toda foi muito traumática. "Foi duro demais, ainda não acredito no que aconteceu. Só conseguia pensar na responsabilidade de ter perdido um instrumento como esse", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.